IURD Cenáculo Brasilândia Rua,Parapuã,1885, V. Brasilândia, São Paulo, SP

Loading...

André,um exemplo de evangelista eficaz

É comum ouvir falar do apóstolo Paulo, ou de Pedro, até porque eles pregaram para multidões, mas André tem seu nome mencionado apenas 12 vezes na Bíblia. Porém, isso não menospreza sua importância como um dos 12 apóstolos, mas enaltece o fato dele ser um pregador intimista, que gostava de falar de Deus em privado.

Era um homem que procurava pelo Messias e confiava na obra futura do Mestre antes mesmo de tê-Lo encontrado pessoalmente. Ele foi um seguidor de João Batista e, depois, quando foi apresentado a Jesus, O seguiu (leia João 1:35-40).

É desta forma que devemos acreditar e transmitir a fé em Jesus: ministrar as pessoas na intimidade, ao ponto de cada uma delas conhecer o verdadeiro Mestre.

André nasceu em Betsaida,e trabalhou com seu irmão na pesca – talvez aqui um indicador de que ele seria um pescador de homens. Conhecido por ser zeloso, sincero e dedicado como apóstolo, foi quem apresentou Pedro a Jesus (João 1:41).

Mas será que cada um de nós faz isso? Quantos amigos e familiares ainda não ouviram você falar de Jesus para eles? André andava com João e, quando ouviu falar que Jesus estava ali, foi correndo chamar seu irmão Pedro.

Outras pistas do Evangelho indicam que André era fisicamente forte, e homem devoto e fiel. Ele não usou de sua aparência para aparecer em público, ao contrário, ele simplesmente creu e levou seu irmão ao encontro de Jesus.

Ter fé em Cristo é algo que não podemos impor a ninguém, mas temos que fazer o que nosso Mestre nos mandou, que é ir e pregar o Evangelho (Marcos 16:15). Ele não disse: espera o momento certo, pense primeiro na sua situação financeira, compre uma casa e depois fale do meu amor. Cristo só disse: “Ide”, independentemente de sua classe social, do que você tem ou onde você trabalha, Ele só quer que você abra a sua boca para que todos possam conhecê-Lo na intimidade.

André é um dos apóstolos considerados os primeiros missionários ou evangelista da fé cristã, por apresentar a Jesus um grupo de gregos (João 12:20-22). Você está preparado para este ‘ide’?
Fique atento, Jesus precisa de sua entrega para que outras vidas sejam salvas.

Todos os dias são dias de salvação (2ª Corintios 6.2). Porém, em Eclesiastes 3, a Palavra de Deus informa que existe tempo para tudo. O evangelista está inserido na questão de usar o tempo oportuno para falar e também para ficar calado.

Efésios 5.16 e Colossenses 4.5 falam em remir nosso tempo. Ora, a recomendação aconselha a cada um de nós otimizar o espaço de 24 horas que Deus nos dá. Quem é cristão precisa ter em sua agenda diária um espaço vago para nunca deixar de transmitir a mensagem ,entre todos os assuntos que estão em nosso coração ardendo para ser falado. Diariamente, o cristão deve informar a alguém que Jesus Cristo é Senhor e único Salvador da Humanidade. Apesar desse compromisso importantíssimo, antes de cumprir essa tarefa inadiável é preciso orar. Na oração, pedir a Deus chances de fazer parte de momentos de evangelização às almas perdidas, momentos que ocorram segundo a direção dEle.

Quando evangelizamos guiados por Deus, estamos caminhando e falando segundo o Espírito Santo, e com certeza transmitindo a mensagem conveniente no momento certo do dia de quem está espiritualmente perdido.

O evangelista deve ser inteligente. Quem evangeliza pode alterar os horários de sua agenda para transmitir as Boas Novas, mas jamais deve interferir e atrapalhar a agenda daqueles que recebem a mensagem evangelística, provocando prejuízos a eles. Jesus é manso e humilde, não é arrombador de portas. Se uma alma não dá ouvidos para você, então combine com ela um horário em que possa ouvi-lo.

Ratifico: Nunca deixe de pregar a Palavra de Deus. Mas também nunca deixe de orar antes de pregar, pedindo que o Senhor coloque-o e em situações convenientes para quem o ouvirá. Orações assim são respondidas, pois essa é a vontade divina para sua vida.

Ao anunciar a Palavra de Deus, o lema de quem é cristão deve ser o mesmo proferido pelos apóstolos Pedro e Paulo: importa agradar a Deus e não aos homens (Atos 5.29; 1ª Tessalonicenses 2.4).

Deus nos oriente,na Fé !

Se desligando da presente era


E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.(2Cor.5.15)

Uma Graça e Amor tão maravilhosos como os que foram demonstrados na Cruz,certamente exigem uma reação recíproca e verdadeira,ou seja uma transferência do centro da vida do eu para Cristo. A aceitação da propiciação de Cristo significa o fim da velha vida de satisfação do eu,e o encontro de um novo centro em Cristo. Ao modo que viver para o eu depois de aceitar a custosa salvação de Jesus é privá-lo do fruto de sua paixão.

A vida deve ser vista em duas dimensões, "até aqui" e "daqui para frente". Daqui para a frente,tempo,talentos,amigos,posses,recreações estão todos sob o controle de Cristo. Ao contrário da expectativa,tal aceitação da Cruz de Cristo,tal submissão completa a Ele como Senhor, traz liberdade que não se pode experimentar de nenhum outro modo. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte.(Rom.8.2)

O senhor Jesus Cristo "..se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso,...(Gl.1.4) O que indica que a morte de cristo não foi apenas um nobre exemplo de heroísmo e uma expressão de amor,mas foi essencialmente um sacrifício pelo pecado. Tinha também,um propósito subsidiário,qual seja o de salvar-nos do poder e da influência corruptora deste mundo.

O termo "mundo",ou "era", refere-se a esta era má, do ponto de vista de tempo e mudança. Ela corre apressada para o fim e nada tem em si de valor eterno. Veja que o apostolo Paulo participava da mesma opinião que o Mestre com relação a esta era quando disse: Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós outros, me odiou a mim. Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu; como, todavia, não sois do mundo, pelo contrário, dele vos escolhi, por isso, o mundo vos odeia.(João.15.18, 19

O Senhor Jesus tinha em vista mais do que o desarraigamento do mundo,pois ele orou: " Não peço que os tires do mundo, e sim que os guardes do mal.(João.17.15)

O fato é que devemos separar-nos moral e espiritualmente do mundo enquanto estamos nele,mas isto deve ser por insulação,e não por isolamento. Os cristãos são o sal da terra,mas o sal só pode exercer sua influência anti-séptica e penetrante se estiver em contato. Quando pudermos dizer Como Paulo : "Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pela qualo mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo."(Gálatas.6.14)

Daí então poderemos exercer nossa maior influência sobre o mundo mau em que vivemos. Nosso comprometimento com o espírito do mundo interrompe o poder do Espírito Santo,neutralizando nossa influência espiritual.

Que Deus nos oriente,na Fé !

Crescem evangélicos no Brasil; proporção de católicos volta a cair



A Igreja Católica voltou a perder adeptos no Brasil, enquanto cresceu a quantidade de evangélicos é o que aponta estudo publicado nesta terça-feira (23/08/2011) pelo Centro de Políticas Sociais da Fundação Getúlio Vargas.

Segundo o Novo Mapa das Religiões, coordenado pelo pesquisador Marcelo Néri, os católicos passaram de 73,8% da população em 2003 para 68,4% em 2009 - uma queda de 5,4 pontos percentuais.Ao mesmo tempo, os evangélicos passaram a representar 20,2% da população, contra 17,9% em 2003.

O levantamento foi feito a partir de dados de mais de 200 mil entrevistas da Pesquisa de Orçamento Familiar (POF), do IBGE.
A queda na participação dos católicos na população vem sendo lenta, porém constante, desde o início do século passado, mas havia se mantido estável na medição anterior da FGV, entre 2000 e 2003.

“Chegamos em 2009 ao menor nível de adeptos ao catolicismo na nossa história estatisticamente documentada”, diz o estudo. “Observamos a queda na proporção de católicos em todas as faixas etárias. Essa mudança foi menor para os grupos com idade mais avançada e maior entre os jovens.”

No caso dos evangélicos, o crescimento relativo de adeptos se dá em todas as faixas etárias, embora de maneira mais pronunciada entre os jovens.
Na emergente classe C, os evangélicos representam 21,5% da população – mais do que a média nacional (20,2%).“ A (igreja evangélica) Assembleia de Deus já é a segunda maior igreja do Brasil (em número de adeptos).

Com relação aos gêneros, as mulheres brasileiras, ao mesmo tempo em que são mais religiosas do que os homens, hoje são menos católicas: entre os que possuem religião, 75,3% dos homens são católicos; entre as mulheres, esse índice cai para 71,3%.
“Enquanto os homens abandonaram as crenças, as mulheres trocaram de crença, preservando mais do que eles a religiosidade”, diz a pesquisa.

Religiões no Brasil

“Os dados demonstram claramente que a velha pobreza brasileira (como áreas rurais do Nordeste, mais assistidas por programas sociais) continua católica, enquanto a nova pobreza (como a periferia dessasistida das grandes cidades) estaria migrando para as novas igrejas pentecostais , diz o estudo da FGV.

- Os católicos passaram de 73,8% da população em 2003 para 68,4% em 2009
- Os evangélicos passaram de 17,9% em 2003 para 20,2% em 2009
- Os sem religião passaram de 5,1% em 2003 para 6,7% em 2009

MAIORES GRUPOS NO PAÍS: IGREJAS PENTECOSTAIS

Assembléia de Deus*
Fundação: 1910
História e doutrina: A maior igreja pentecostal brasileira surgiu em Belém (PA), sob a influência de dois missionários suecos vindos dos Estados Unidos, onde freqüentavam a Igreja Batista. Organizada nos moldes das igrejas pentecostais que surgiam então naquele país, a Assembléia de Deus acredita no poder supremo do Espírito Santo e prega com ênfase o Evangelho cristão. Nos cultos, fiéis oram e cantam em voz alta dentro dos templos.
Fiéis no Brasil: 9.500.000 aproximadamente
Templos: Dados não disponíveis
Número médio de fiéis que freqüentam cada templo: Dados não disponíveis

* Este número diz respeito apenas à primeira Assembléia de Deus, surgida em Belém (PA) no início do século XX. Trata-se da denominação ligada à Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil (CGADB), a quem pertence a patente do nome no país. Ao longo do século, outras Assembléias de Deus surgiram, a maioria sem qualquer ligação institucional com a CGADB.

IGREJAS NEOPENTECOSTAIS

Igreja Universal do Reino de Deus

Fundação: 1977
História e doutrina: Principal igreja do fenômeno neopentecostal brasileiro, foi fundada pelo bispo Edir Macedo, nos subúrbios do Rio de Janeiro. Segue os preceitos gerais do cristianismo, em seus cultos diários. Aposta na mídia eletrônica para difundir a fé – é a principal cliente da Rede Record de televisão, entre outras emissoras,detentora dos direitos da Rede Aleluia de rádio e ainda possui um canal de WEB exclusivo denominado IURD TV.
Fiéis no Brasil: 6.200.000 aproximadamente
Templos: 13.000 aproximadamente
Atuante em quase 200 paises
Número médio de fiéis que freqüentam cada templo: 400

EVANGÉLICOS PELO MUNDO


Embora o Brasil seja – de longe – o maior país pentecostal do mundo, o fenômeno não é exclusividade nacional. Por ser o berço desta tradição religiosa, os Estados Unidos ainda concentram a segunda maior massa pentecostal do mundo: quase seis milhões, ou perto de 2% de sua população. Quando se trata de evangélicos de forma geral, os americanos nos superam em larga margem: são 44 milhões nos EUA, contra 27,6 milhões no Brasil. Tirante os dois gigantes, o continente onde encontram-se mais evangélicos é a África. Só na Nigéria são mais de 25 milhões, seguidos pelos 10,3 milhões da Etiópia e os 9,4 milhões do Quênia. Na Ásia, os evangélicos representam mais da metade da população da Coréia do Sul, sendo um quarto deles de pentecostais, e também prosperam na Índia (11 milhões, pouco se comparado à maioria hinduísta do país) e na Indonésia (5,3 milhões). Entre os latino-americanos, destacam-se as massas evangélicas da Argentina, com 2,5 milhões de religiosos – quase todos pentecostais – e do México com 2,4 milhões. Toda esta presença internacional tem estimulado muitas das igrejas evangélicas brasileiras a abrir filiais no exterior. A Igreja Universal do Reino de Deus possui sede em todos os continentes do planeta - está em quase 200 países. A Internacional da Graça de Deus, do telepastor R.R. Soares vai pelo mesmo caminho: já chegou aos Estados Unidos, ao México e ao Japão. E dentre as mais antigas, a Assembléia de Deus possui endereços nas Américas, na Ásia e na Europa.

Fontes: BBC Brasil
World Christian Database,
arquivos de VEJA,
manual de redação do jornal Folha de S. Paulo.

Mais um atentado à liberdade de expressão e de religião

Justiça de SP ordena retirada de outdoor

São Paulo - A Justiça em Ribeirão Preto, no interior do estado de São Paulo, determinou, na última sexta-feira, a retirada de um outdoor considerado homofóbico. O outdoor continha três citações bíblicas, entre elas dava-se destaque ao trecho do livro de Levítico: "se também um homem se deitar com outro homem, como se fosse mulher, ambos praticaram coisa abominável...".
A medida foi tomada pela 6ª Vara Cível local, após ação civil pública da Defensoria Pública de São Paulo contra a Casa de Oração de Ribeirão Preto e a empresa Nóbile Painéis. A concessão da medida liminar ocorreu dois dias antes da realização da 7ª Parada do Orgulho LGBTT de Ribeirão Preto, ontem. O outdoor foi retirado no sábado.
De acordo com a decisão do Juiz Aleksander Coronado Braido da Silva, "a Constituição Federal protege a conduta do réu [Casa de Oração de Ribeirão Preto] de expor suas opiniões pessoais, mas, ao mesmo tempo, também protege a intimidade, honra e imagem das pessoas quando violadas". O magistrado levou em consideração a proximidade da realização da Parada LGBTT, determinando uma multa de R$ 10 mil para cada ato de descumprimento.

Senador Crivella lamenta decisão da Justiça pela retirada de outdoor contra homossexualidade


Na avaliação do senador Marcelo Crivella, o Senado não pode se calar diante do que classificou como um "atentado à liberdade de expressão e de religião".

"Isso aqui é a Bíblia, isso aqui é a palavra de Deus. Isso aqui é o primeiro livro impresso nas prensas de Gutemberg e o mais lido nas civilizações ocidentais de origem cristã. Isso não pode ser censurado. Esse país iniciou-se com uma missa. Esse país começou com princípios cristãos, de família, com a Bíblia aberta nos lares. E nós não podemos abrir mão de que essa palavra seja pregada. Eu não estou fazendo nada mais do que citar a Bíblia", defendeu o senador.

Marcelo Crivella argumentou que, se os homossexuais querem respeito, precisam respeitar também a opinião de quem discorda deles. E enfatizou que a decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união entre pessoas do mesmo sexo não autorizou a censura à Bíblia nem o cerceamento da liberdade de pensamento no país. Para o senador, "a Bíblia é, como ela é" e qualquer um tem o direito de pregá-la.

"Não podemos retroceder, não podemos aceitar retrocesso", afirmou.

Veja o discurso do Senador:


A Agência Senado ainda afirmou que “Marcelo Crivella argumentou também que, se os homossexuais querem respeito, precisam respeitar também a opinião de quem discorda deles. E enfatizou que a decisão do Supremo Tribunal Federal de reconhecer a união entre pessoas do mesmo sexo não autorizou a censura à Bíblia nem o cerceamento da liberdade de pensamento no país”.

Fonte: "Uol Noticias"
" Amigos do Crivella"

Deus te oriente,na Fé !

Falar em línguas é o segundo sinal,mas todos que falam em línguas são batizados com o Espírito Santo ?

O segundo sinal do batismo no Espírito Santo é o falar em outras línguas. Isso era comum entre os primeiros cristãos (At.2.4;10.45-47;19.6),e o é nos dias atuais até ao arrebatamento da igreja. o falar em outras línguas é a manifestação sobrenatural do Espírito Santo,ou seja,é uma expressão vocal inspirada por Ele,mediante a qual o selado fala numa língua que nunca aprendeu (At.2.4; 1Cor. 14.14-15).

Estas línguas podem ser humanas ou atualmente faladas (At.2.6),ou desconhecidas na terra (1cor 13.1). Desde o dia de Pentecostes,Deus relacionou o falar noutras línguas ao batismo no Espírito Santo. Tanto os 120 no dia de Pentecostes quanto os demais batizados tiveram uma confirmação física de que realmente receberam o batismo no Espírito Santo. O falar em outras línguas é descrito como um dos dons concedidos pelo Espírito Santo (1Cor 12.4-10). Este dom tem dois propósitos principais,são eles:

1. o falar noutras línguas seguido de interpretação dada pelo Espírito Santo. Isso o corre para fim exclusivo de edificação espiritual de toda a igreja (1Cor. 14.5-6,13-17) e não individual;

2. Falar noutras línguas para dirigir-se a Deus nas devoções particulares e,deste modo,edificar a sua própria vida espiritual (1Cor. 14.4).

Mas todos que falam em línguas são batizados com o Espírito Santo ?

Não! Todos os que são batizados no Espírito Santo falam em outras línguas,porém nem todos os que falam em línguas são realmente batizados no Espírito Santo! Por quê? A verdade é que os demônios sabem imitar as línguas estranhas dos verdadeiros batizados. Muitas pessoas têm sido enganadas por eles.

É por isso que o Espírito Santo,através do apóstolo João nos exorta a provar os espíritos. Como? Se você fala em línguas mas a sua vida não condiz com aquilo que você crê,então,é porque há algo de errado dentro de você!

Como exemplo,podemos observar o fato de você falar em línguas,mas tendo pelo menos um desses sintomas: insônia,medo,nervosismo,dores de cabeça constantes, desmaios,tonteiras,vícios,audição de vozes,visão de vultos,desejo de suicídio,depressão,tristeza,complexos,vida conjugal enrolada,dentre outros certamente,você está possuído por um espírito enganador.

Essa entidade maligna a tem feito pensar que isso é norma e que você deve aceitar essa situação. Nosso conselho é que você nunca fale em línguas até que aconteça uma total e completa libertação de todos esses problemas. Muitas pessoas,no afã de falarem em línguas,têm forçado uma situação favorável aos espíritos enganadores. Por isso,quando você buscar o batismo com o Espírito Santo,busque a sua presença e procure exaltá-lo de todo o seu coração e não o falar em línguas .

Além disso,nunca se preocupe com o falar em outras línguas porque isso é tarefa exclusiva do Espírito Santos. E quando Ele dá esse dom,Ele o faz naturalmente. Lembre-se: o Senhor Jesus é quem batiza com o Espírito Santo, e Ele tem mais interesse que você seja batizada(o) do que você mesma(o)!

Então meu amigo(a) aproveite esse momento e comece a buscar o Senhor Jesus e tenha certeza que receberá o selo ou o renovo enfim a Plenitude de Deus!

Deve-se considerar que as línguas estranhas,quando não interpretadas ,só beneficiam àquele que fala (1Cor.14.4). mas quando seguidas de interpretação edificam toda a igreja (1Cor.14.5),e sendo assim, o dom de línguas passa ater a mesma importância que o dom de profecia. A mensagem interpretada vai ao encontro da necessidade de toda a igreja,e não particularmente para uma pessoa(1Cor. 14.5,12,26)

Contudo,ainda que a pessoa não siba o significado da língua que pronuncia,mesmo assim,ela deve exercitar o falar em línguas para sua própria edificação. Além do que, quando ela ora em línguas,ela ora em espírito e Deus a entende; por outro lado,ela pode orar com entendimento,o que significa orar,cantar,louvar usando a própria mente (1Cor.14.15)

Deus te oriente,na Fé !

Homenagem aos pais



Hoje dia dos pais não poderia deixar de homenagear também os homens que deixaram suas próprias vidas para servir no altar ensinando o Caminho. Por conta disso já há alguns dias recebi esta mensagem e hoje compartilho com todos:


O que é ser Pastor????.


Ser Pastor é experimentar o gosto de sentimentos opostos;
é estampar no rosto a serenidade que tranqüiliza o aflito
e deixar rolar a lágrima que substitui o grito;
é sorrir, chorar, se solidarizar.

Ser Pastor é viver momento de glória, aplausos de reconhecimentos,
é viver momentos de desprezo, de críticas, de esquecimentos;
e sentir a dor do espinho;
é ver escorrer o sangue e prosseguir na jornada.

Ser Pastor é sentir o peso da responsabilidade;
é fazer da alegria alheia a sua própria felicidade;
é ouvir cada um em suas ansiedades e nem sempre ter alguém
para compartilhar suas necessidades.

É ser amigo, é ter o poder de influenciar uma multidão
e saber experimentar o gosto da solidão.

Ser Pastor é não ter palavras em algumas situações;
é emprestar os ouvidos para desafogar corações;
é agir com doçura, com firmeza e até com dureza movido pelo amor.
Ser Pastor é amar a Deus acima de todas as coisas.

Está é também a nossa homenagem aos nossos pais de Fé!

O fruto do Espírito Santo


Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.(Gl.5.22-23)

Conforme prometido na semana passada,hoje e eu quero abordar o fruto do Espírito Santo detalhadamente e é bom frisar, que só podemos produzir esse Fruto se nos enchermos do Espírito Santo e andarmos em Espírito. Estar cheio (andar) do Espírito é o mesmo que permitir que a Palavra de Cristo (a Bíblia) habite em nós ricamente (Colossenses 3:16).

Só assim poderemos produzir:
Amor - Esse amor é o interesse maior em querer que o seu semelhante seja salvo. Por essa razão,a pessoa selada com o Espírito Santo não mede esforços ou sacrifícios em procurar salvar almas. (1Cor.13; Ef.5.1-2,14-18);

Alegria - Essa alegria não vem do exterior,mas nasce no mais profundo da alma mediante a comunhão íntima com Deus (Sl.16.11;51.12;Jo.16.20) e nada,absolutamente nada,pode arrancá-la do coração dos revestidos com o Espírito Santo;

Paz - Essa paz não é algo momentâneo! mas um estado permanente de tranquilidade,serenidade e confiança de que a sua vida está nas mãos de Deus. E quais quer que sejam as tempestades ou os problemas a paz nunca desaparecerá (jo.14.27);

Longanimidade - Significa paciência. A pessoa selada com o Espírito Santo sabe esperar,pois esse é o caráter do próprio Deus (Ex.34.6; 1Tess 5.14);

Benignidade - O cristão que possui essa virtude nunca quer magoar ninguém,nem lhe provocar dor (Ef.4.32; Col 3.12-13);

Bondade - É a qualidade daquele que é bom,e isso é expresso através de atitudes de bondade (Rom. 2.4). uma pessoa bondosa sempre está pensando em como ajudar o seu semelhante;

Fidelidade - Em uma das melhores versões da bíblia, King James Version, o fruto aqui relacionado é "Fé". isso significa que a fidelidade está relacionada com a fé. E de fato, a fidelidade é a observância da fé;a lealdade constante e inabalável com quem estamos unidos por uma aliança. Essa virtude não é nada relevante para aqueles que não têm o batismo no Espírito Santo. Entretanto,para os revestidos com o poder do alto,ela sempre é levada a sério e praticada;

Mansidão - Basicamente a mansidão é observada através de um caráter manso, brando e sossegado.porém,isso não significa dizer que o manso não venha irar-se também,e quando necessário, submeter-se humildemente. Ora,o manso pode ser definido como uma pessoa bastante equilibrada que sabe se comportar. Moisés foi um exemplo de mansidão (Nm.12.3),o que não significa dizer que ele se mantinha brando diante da rebelião e tomava decisões enérgicas. O Senhor jesus que era manso e humilde de coração (Mt.11.29), também reagiu diante dos vendilhões do templo (Mt.21.12-13);

Domínio Próprio - É a virtude de Deus que nos dá poder para dominar o nosso próprio ser(Prov. 16.32),nossas paixões,desejos e concupiscências (1Cor. 7.9;Tito 1.8). Domínio próprio deve ser o alvo da nossa atenção, porque estamos literalmente numa guerra,quando pensamos nos desejos pecaminosos que tentam nos subjugar.

O domínio próprio está muito relacionado com uma decisão interior de fazer o que muitas vezes não se tem vontade. Ex. As pessoas raramente sentem-se motivadas a estudar a Palavra de Deus com regularidade. Existem tantas outras coisas mais fáceis de fazer – mentalmente falando – assistir TV, ler uma revista ou jornal, ler um bom livro, bater um bom papo, navegar na internet, etc. Por isso, é necessário uma decisão pessoal interna e uma postura externa – “vou levantar, pegar a bíblia, um caderno de anotações, vou sentar na sala e vou estudá-la”. Isso não soa muito espiritual, porque quase tudo na vida cristã tem um som romântico, mas foi exatamente o que Paulo disse em 1Co 9.27:

“Esmurro o meu corpo e faço dele o meu escravo...para que eu mesmo não venha a ser reprovado”.

Na verdade temos uma grande e difícil jornada e a caminha será muito mais tranqüila se nós mesmos não formos os nossos problemas.E viver este propósito do "Jejum de Daniel" é a oportunidade que temos para,pedir a Deus a capacidade de sermos dominados completamente pelo Espírito Santo. Só assim produziremos o fruto do Espírito Santo.

O segundo sinal do batismo no espírito santo é o falar em outras línguas, mas este é um assunto que abordaremos noutra postagem.

Que Deus te oriente,na Fé !

A capacidade que nos faltava

Como já vimos antes,existe uma finalidade pela qual o Senhor Jesus prometeu o seu Espírito aos que, O adoram como Deus,aos que O servem como Senhor e O têm como Salvador.

E o que mais tem impedido as pessoas de receberem o Selo é o motivo,pelo qual elas tem desejado esse batismo,pois o Espírito Santo,não é dado para que possamos falar em línguas,ou até dar profetadas. Não ! O Espírito Santo é dado para testemunhar Jesus,para testemunhar a Sua ressurreição e o Seu Senhorio.

O Espírito Santo é o pensamento de Deus em nós,Ele é a direção,a inspiração,a motivação...

Se você não tem o desejo de servir, pra que é que você quer o Espírito Santo?? Pois como já vimos Ele é a capacidade que nos faltava para o serviço do Reino de Deus. (2Cor.3.5-6)

Pense bem ! Para que eu quero o Espírito Santo ? E depois de definir a sua fé,busque com toda a sua força,com todo o seu entendimento,e o Senhor Jesus vai te batizar.

Nada poderá te impedir de receber ,se a sua busca for sincera,não ansiosa,não ociosa,nem fingida ,mas acima de tudo verdadeira e com o propósito de testemunhar o Senhor Jesus. (2Cor.3.12-13,18)

Aí mesmo! Onde você está, sentado mesmo levante a cabeça e receba o Espírito Santo!

Que Deus te oriente,na Fé !

O que significa,qual a finalidade e quais são as evidências do batismo no Espírito Santo?

O batismo no Espírito Santo "a promessa do Pai" dada pelo Filho (Atos 1.4),significa "revestidos de poder" (Lc.24.49); com a finalidade de se testemunhar da ressurreição do Senhor Jesus Cristo. Pois,como os cristãos poderiam dizer que o Senhor Jesus ressuscitou e está vivo para salvar os que crêem n'Ele,se não recebessem o mesmo Espírito que O ressuscitou?

Impossível! Por essa razão,o batismo com o Espírito Santo se torna imprescindível para que o cristão seja testemunho vivo do Senhor Jesus em todo o mundo (Atos 1.8).

O primeiro sinal do batismo no Espírito santo é o fruto. Em outras palavras,quando o Espírito de Deus vem sobre uma pessoa cristão,Ele faz aparecer nela as virtudes d'Ele. Quando uma árvore é má,ela produz maus frutos;ma quando ela é boa,ela produz bons frutos.

Da mesma forma,acontece com o ser humano. Por exemplo,quando ele tem um espírito imundo,os frutos da sua vida são: inimizades,conflitos,vícios,inveja,prostituição,impureza,adultério,ira,tristeza,dor de cabeça constante,medo,nervosismo,insônia,etc...

Após receber o batismo no Espírito Santo,Imediatamente,o seu comportamento em casa,no trabalho,na rua,na igreja,enfim,em qualquer lugar,passa a ser sempre de acordo com o caráter de Deus ou seja a pessoa passa a produzir o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz,longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade,mansidão, domínio próprio.(Gl.5.22-23)

Veja que a palavra esta no singular e não no plural sendo assim a pessoa tem de produzir a plenitude do fruto e não apenas uma parte dele. O Apostolo continua dizendo:

"E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e concupiscências.(é o que comprova que fomos regenerados e não vivemos em função da nossa vontade mas sobre tudo da de Deus) Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.(Aqueles que andam no Espírito demonstram sua santidade diariamente, em cada momento. Isso acontece quando o Cristão conscientemente escolhe por fé depender do Espírito Santo para guiar cada pensamento, palavra e ação (Romanos 6:11-14). e só podemos saber se estamos andando no Espírito se as nossas vidas demonstram o fruto do Espírito,como já mencionado.) Não nos deixemos possuir de vanglória, provocando uns aos outros,tendo inveja uns dos outros.(Gl. 5.24-26).

A falha de depender da direção do Espírito Santo resulta em um Cristão que não está vivendo de acordo com a missão e posição que a salvação providencia (João 3:3; Efésios 4:1; Filipenses 1:27)

E é por considerar o fruto do Espírito, algo de extrema importância,na vida cristã, que na próxima postagem estaremos detalhando cada um deles. não percam na próxima semana!

Que Deus nos oriente,na Fé !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...