IURD Cenáculo Brasilândia Rua,Parapuã,1885, V. Brasilândia, São Paulo, SP

Loading...

O Deus Espirito Santo e os Dons espirituais (parte 2)

Dons espirituais

O Espírito Santo distribuiu vários dons espirituais,tão essenciais à liderança,expansão e edificação da igreja Esses dons ou qualificações especiais são valiosos e só devem ser desejados quando servirem a fins práticos ou seja a edificação da igreja.

Para ser eficaz,é preciso que o Espírito Santo inspire e capacite todo tipo de ministério, e esses dons são a provisão graciosa de Deus para esse fim. visto que combatemos um inimigo sobrenatural,só as armas sobrenaturais funcionam a contento.

Duas palavras são empregadas com relação a esses dons (pneumatika), algo precedente do Espírito,e(charismata),,dons da graça (1Cor. 12. 1,4). Os dons espirituais são conferidos soberanamente a indivíduos para o serviço da igreja. Distinguem-se dos dons naturais,embora muitas vezes operem por intermédio destes.

Há dons para todos os cristãos (1Cor. 12.7),não meramente para uma elite espiritual,mas as dádivas individuais não podem ser reivindicadas como de direito(1Cor.12.11). Para que sejam proveitosas,devem ser exercidas em amor (1Cor. 13.1,2)

É fato que nenhum dom deve ser menosprezado,Todos os nove dons do Espírito Santo também nos são acessíveis nos dias atuais, como partes integrantes da obra expiatória do Senhor Jesus Cristo. Mas alguns são mais valiosos do que outros(1Cor. 12.31 e 14.5).

Paulo insta na superioridade da profecia. Com respeito ao dom de profecia, temos visto o grande engano que o diabo e seus demônios têm espalhado entre os cristãos sinceros e desavisados.

Muitas pessoas têm perdido até a salvação por terem sido iludidas por "profecias" que jamais saíram da boca de Deus; casamentos têm sido feitos e desfeitos na base de "profecias". Daí, nós adotamos o sistema de fundamentar a nossa fé exclusivamente na Palavra de Deus escrita, isto é, a Bíblia Sagrada. visto assim que o ministério da palavra é o dom de maior valor.
Paulo ainda nos adverte de que os dons espirituais podem atrofiar-se pela negligência(2Tm.4.4)e precisam ser estimulados(2Tm. 1.6).

Esses dons não são concedidos para mera alegria ou enaltecimento do cristão,ou mesmo por causa de sua própria vida espiritual,mas antes de tudo para servir aos outros (1Cor.14.12),e para levar os santos a maturidade espiritual (Ef.4.11-13).

Então é significativo dizer que nenhum dos dons se refere diretamente ao caráter;mas que são todos dons para serviço. Os frutos relacionados em Gálatas 5.22-23 sim são ligados diretamente ao caráter. Assim podemos dizer que os Frutos são = a caráter e os Dons = a serviço .

Talvez isto explica o porque de Nosso Senhor ter dito Muitos me dirão naquele dia: ‘Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? Em teu nome não expulsamos demônios e não realizamos muitos milagres?'Então eu lhes direi claramente: ‘Nunca os conheci. Afastem-se de mim vocês, que praticam o mal!Mt. 7.22-23)

Agora pra mim pior que confundir ou associar os dons com santidade ou santificação,é fazer uso da sua manifestação para promover espetáculos particulares,atraindo para si mesmo a atenção que deveria ser dada ao Senhor Jesus. Infelizmente é o que se tem visto em muitos lugares onde se aderem ao movimento que eu chamo de " RETETE " que são aquelas manifestações emocionais danças,pulos,gritarias,cair pelo "poder" e mais "retetes". Só uma pergunta em que isto pode edificar a igreja?

Eu vejo uma falta de maturidade tão grande nisto,pois se os dons são para o serviço, deveria ser usados para salvar vidas que estão sofrendo nos becos,nas esquinas,nos guetos e nas garras do diabo através das drogas,da prostituição,na miséria.

Ao aflito deve o amigo mostrar compaixão, a menos que tenha abandonado o temor do Todo-Poderoso(Jó.6.14 .

Mas geralmente os que aderem aos movimentos de "RETETE" são justamente aqueles que não tem coragem pra tirar estas almas das garras do diabo e pelo contrario vivem pescando em aguários alheios. Ao contrário de Paulo que : "Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido, de forma que não estivesse edificando sobre alicerce de outro."Rom. 15.20

Voltando aos dons,também é fato que são poucos os que descobrem seus dons no começo da vida cristã,e amiúde esses dons permanecem dormentes até que uma ocasião propícia os revele.Muitas vezes são mais evidentes a outros do que a nós mesmos,mas podemos estar certos de que no momento preciso Deus manifestará o dom ou combinação de dons necessários ao cumprimento do ministério no corpo de Cristo que Ele nos atribui.

Nos capítulos 12 e 14 de 1 Coríntios,Paulo adverte os coríntios contra o uso indigno dos dons espirituais,e traça as diretrizes para seu exercício na igreja.



O propósito é que não sejamos mais como crianças, levados de um lado para outro pelas ondas, nem jogados para cá e para lá por todo vento de doutrina e pela astúcia e esperteza de homens que induzem ao erro.(Ef. 4.14)



Que Deus nos oriente,na Fé!

E se você gostou do Blog indique-o aos seus amigos instigue outras pessoas a le-lo.

O Deus Espirito Santo e os Dons espirituais (parte 1)


Num dos discursos de Nosso Senhor Jesus,Pouco antes de Sua morte Ele passou aos discípulos acerca do Espírito Santo e seu ministério,mais do que em todos os seus ensinamentos anteriores, mas falando sobre esse tema,Ele fez esta declaração um tanto misteriosa: "Tenho ainda muito que lhes dizer, mas vocês não o podem suportar agora.Mas quando o Espírito da verdade vier, ele os guiará a toda a verdade. João. 16.12-13

E foi principalmente por intermédio de Paulo que Ele comunicou esta revelação posterior,veja que logo após a sua conversão Paulo foi cheio do Espírito Santo. "Então Ananias foi, entrou na casa, impôs as mãos sobre Saulo e disse: "Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que lhe apareceu no caminho por onde você vinha, enviou-me para que você volte a ver e seja cheio do Espírito Santo". Atos 9.17

Após essa experiência começou o surpreendente ministério de Paulo,o que não surpreende é vermos em seus escritos referencias salpicadas ao Espírito Santo e o-encontramos exortando os efésios e a nós também a encher-se do Espírito (Ef.5.18) Seu chamado e comissionamento foram feitos por intermédio do Espírito ( At.13:1-4). Paulo era guiado mediante a restrição ou constrangimento do Espírito ( At. 16.6). Seu poder de pregar vinha do Espírito (1 cor. 2. 4). O Espírito o-preveniu dos perigos iminentes (At. 21. 4, 11-14).

Enfim em todo seu ensino Paulo encareceu o Espírito Santo, os diversos nomes que ele usa para o Espírito esclarecem diferentes facetas do ministério do Espírito:
Espírito de poder,de amor e de moderação(2 Tm. 1 .7) ; Espírito da fé(2 cor. 4. 13); Espírito de sabedoria( Ef.1 17); Espírito de santidade(Rom.1.4); Espírito da promessa( Ef.1.13) ; Espírito de adoção ( Rom. 8.15) ; Espírito da vida(Rom.8.2).

Foi o ministério do Espírito que deu a Paulo vitória sobre a carne (a natureza decaída que recebemos de adão). Só pelo Espírito é que podemos mortificar "os feitos do corpo"Rom. 8.12-13).

Como administrador da igreja, o Espírito Santo é a voz autorizada desde o primeiro concílio da igreja(At.15.28), e também quem toma a iniciativa na escolha do presbitério (At.20.28). E Paulo dava uma importância tão grande a isto que,quando encontrou o pequeno grupo de cristãos em Éfeso, sua primeira pergunta foi: "Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? "(At.19.2) e então os conduziu à experiência(v. 6).

Quero salientar ainda que,o Espirito Santo deleita-se em produzir na vida do cristão submisso os frutos espirituais arrolados em (Gálatas 5. 22-23):
Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,mansidão e domínio próprio.


Não deixe de ler a segunda parte na próxima semana onde estaremos escrevendo acerca dos dons espirituais.

Se Você gostou do Blog passe o endereço aos seus amigos convide outras pessoas a ler .

Deus te oriente,na Fé !

Um amigo justo é canal de bênção

Algumas amizades não duram nada, mas um verdadeiro amigo é mais chegado que um irmão.Provérbios 18:24

Um amigo justo é canal de bênção e traz favor de Deus, pois encoraja a
um estilo de vida santo. Mas um amigo ímpio pode ser um laço para atrair
toda espécie de mal. A amizade aqui se refere a uma pessoa querida com
quem se compartilha momentos de amizade. Alguém em quem se confia
naturalmente.

O homem vive em um mundo onde precisa e deve se comunicar e partilhar o
amor de Deus com todas as pessoas. O círculo de amigos, porém, precisa
ser bem analisado. É com os amigos que muitas coisas são discutidas. É
com eles que há segurança em abrir o coração.


Se a pessoa a quem se considera amigo fiel faz fofoca, difama ou fala
mal de outros irmãos, é bom abrir os olhos. Em provérbios 6:16-19, a
Palavra de Deus diz: /Seis coisas o SENHOR aborrece, e a sétima a sua
alma abomina: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue
inocente, coração que trama projetos iníquos, pés que se apressam a
correr para o mal, testemunha falsa que profere mentiras e o que semeia
contendas entre irmãos./

Se uma amizade afasta alguém de Jesus, há por traz dela todo um
investimento satânico. Um amigo verdadeiro sempre fará o outro enxergar
a Deus como prioridade de vida. Um amigo verdadeiro suporta até as
incompreensões do outro, mas falará sempre a verdade.
A valorização de uma amizade verdadeira é um dos princípios do Reino de
Deus. Jesus veio gerar amigos, não somente servos.


/Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu
senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai
vos tenho dado a conhecer./ (João 15:15)

Não abandone o seu amigo, nem o amigo do seu pai. Se você estiver em dificuldades, não peça ajuda ao seu irmão. Vale mais um vizinho perto do que um irmão longe. Provérbios 27:10
Quem anda com os sábios será sábio, mas quem anda com os tolos acabará mal. Provérbios 13:20

feliz dia do amigo!

Que Deus nos oriente,na seleção de nossas amizades!

Na Fé Sempre!

Deus dá a vitória

Chegou o dia da grande batalha (Juízes 7). Gideão conduziu seu exército de 32.000 israelitas para o campo de conflito contra 135.000 midianitas. Sua desvantagem militar era de 4 contra 1! Deus não deixou Gideão entrar na batalha com este número de soldados. Em duas etapas, ele diminuiu a força militar de Israel. Primeiro, 22.000 voltaram para casa, e os midianitas ficaram com uma vantagem de 13,5 contra 1. Na segunda etapa, Deus mandou embora mais 9.700 israelitas, deixando Gideão com apenas 300 soldados. Para vencer o inimigo, cada soldado israelita teria que vencer 450 do inimigo!

Deus, na sua perfeita sabedoria, tinha um propósito bem definido nesta redução das forças militares de Israel. Ele mandou seu exército à batalha com uma desvantagem tão grande que ninguém poderia dizer: "A minha própria mão me livrou" (Juízes 7:2). Usando uma estratégia que não fez nenhum sentido, em termos militares, a pequena banda de israelitas venceu o exército dos midianitas.

Até hoje, muitas pessoas não aprenderam esta lição. Confiam em números, achando que grandes multidões são evidência da aprovação de Deus. Dependem de estratégias e táticas humanas e carnais para alcançar alvos de crescimento.E, no fim, se gabam em seus relatórios, destacando os grandes feitos de homens. Muitos religiosos, como os midianitas, confiam nos grandes números e nas táticas humanas (igrejas promovendo atividades não espirituais para aumentar sua freqüência, ensinando mensagens diluídas,do tipo "não é preciso sacrificar" ,"seus problemas é uma provação" "Olha como Jó sofreu" tudo para justificar a acomodação ... Mensagens assim parecem mais relevantes aos seus ouvintes carnais do que a mensagem da cruz,para atrair pessoas que não aceitariam a chamada simples de um Salvador ,que foi o um exemplo de sacrifício e etc..).

Mas, os verdadeiros servos de Deus não desviarão para tais caminhos errados. "Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do SENHOR!" (Jeremias 17:5). "Mas longe esteja de mim gloriar-me, senão na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, pelo qual o mundo está crucificado para mim, e eu, para o mundo" (Gálatas 6:14). "Se Deus é por nós, quem será contra nós?" (Romanos 8:31).

Mais uma vez eu insisto em lembrar que,Gideão será lembrado eternamente como exemplo de fé (veja Hebreus 11:32). A grandeza desse homem não se encontra na sua força física, nem na sua inteligência, nem na sua auto-confiança. A Bíblia não comenta sobre sua aparência física nem sobre seu jeito de falar. Gideão se destacou na História, não por ser um grande homem, mas por ter um grande Deus. Deus é capaz de transformar os fracos, os tímidos e os abatidos para dar grandes vitórias ao seu povo. Como Gideão disse: "O Senhor vos dominará" (Juízes 8:23).

Que Deus te oriente,na Fé !

Rejeição daqueles que ficaram em cima do muro

Gideão e sua banda de homens cansados perseguiram os midianitas (leia Juízes 8:1-21). Quando os soldados israelitas passaram nas cidades de Sucote e Penuel, eles pediram pão. Os homens dessas cidades não mostraram coragem para tomar uma atitude durante a batalha. Com medo de ofender os reis dos midianitas, eles recusaram ficar em pé com os homens de Deus. Só depois da batalha, quando baixar a poeira, apoiariam os servos do Senhor.

A decisão desses homens mostrou uma preocupação política ao invés de convicção espiritual. Pensaram mais na influência de homens importantes do que na palavra do Senhor. Gideão não aceitou tal postura. Ele voltou às mesmas cidades e castigou os covardes que recusaram apoiar os servos do Senhor na hora da batalha.

Gerações antes, Josué chamou o povo para tomar uma decisão para Deus e contra os falsos deuses (Josué 24:14-16). Séculos depois, Elias desafiou o povo indeciso com estas palavras: "Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se é Baal, segui-o. Porém, o povo nada lhe respondeu" (1 Reis 18:21).

Hoje, muitas pessoas religiosas que alegam ser discípulos de Cristo demonstram a mesma covardia. Definem suas posições doutrinárias e práticas pelo vento de opiniões. Entendem mais de IBOPE do que de fé, mais de tradição do que de verdade, e mais de partidos do que de convicções. E não é novidade pra ninguém que no nosso meio tem pessoas que não concordam com o sacrifício. Paulo mostrou que o cristão deve sempre definir a sua posição pela palavra de Deus, e não pela opinião da maioria: "Porventura, procuro eu, agora, o favor dos homens ou o de Deus? Ou procuro agradar a homens? Se agradasse ainda a homens, não seria servo de Cristo" (Gálatas 1:10).

Gideão será lembrado eternamente como exemplo de fé (veja Hebreus 11:32). A grandeza desse homem não se encontra na sua força física, nem na sua inteligência, nem na sua auto-confiança. A Bíblia não comenta sobre sua aparência física nem sobre seu jeito de falar. Gideão se destacou na História, não por ser um grande homem, mas por ter um grande Deus. Deus é capaz de transformar os fracos, os tímidos e os abatidos para dar grandes vitórias ao seu povo. Como Gideão disse: "O Senhor vos dominará" (Juízes 8:23).

Que Deus te oriente,na Fé!

Eu estou contigo

Nas conversas com Gideão, Deus afirmou sua presença repetidas vezes. Primeiro, ele afirmou por palavras: "Já que eu estou contigo, ferirás os midianitas como se fossem um só homem" (Juízes 6:16).
Segundo, ele afirmou por sinais. Antes da primeira missão de Gideão, Deus lhe deu um sinal impressionante. O Anjo do Senhor causou subir fogo para consumir a oferta de Gideão.

Enquanto pessoas faziam ofertas ao Senhor todos os dias, era muito raro o próprio Senhor mandar o fogo para as consumir. Antes de sua segunda missão, Gideão recebeu mais três sinais. Deus deixou o orvalho molhar uma porção de lã sem molhar a terra em volta dela (Juízes 6:36-38).

Na noite seguinte, ele fez ao contrário, deixando a lã seca no meio de terra molhada (Juízes 6:39-40). Nas vésperas da batalha, Deus permitiu que Gideão ouvisse uma conversa entre dois soldados midianitas, confirmando a sua vitória iminente (Juízes 7:9-15).

Terceiro, Deus afirmou sua presença através de promessas cumpridas, principalmente no livramento do povo pela mão de Gideão (Juízes 6:16; 7:7,22; 8:10-12). As demonstrações de Deus foram convincentes. Gideão foi convertido!

A maior bênção imaginável é a presença do Senhor em nossas vidas. Quando Jesus veio ao mundo para habitar ou fazer seu tabernáculo entre os homens (João 1:14), foi lhe dado o nome Emanuel, "Deus conosco" (Mateus 1:23).
No final da sua missão terrestre, ele foi preparar um lugar para nós na presença de Deus (João 14:1-4). Ele prometeu fazer morada naqueles que o amam (João 14:23).

O Senhor Jesus provou amor por você,derramando seu sangue no calvário. E você tem a oportunidade de derramar o seu sangue no altar e assim provar que também O-ama.

A missão começa em casa

Uma vez que Gideão chamou a atenção de Deus, Deus lhe deu a sua primeira missão: destruir os ídolos do próprio pai e fazer um altar ao Senhor no mesmo lugar (Juízes 6:25-26). Gideão levou dez homens consigo e cumpriu o mandamento do Senhor na mesma noite.

Os vizinhos ficaram irados, mas o pai de Gideão entendeu o significado de seu ato e o defendeu. Um "deus" que não consegue se defender contra um punhado de homens não merece defesa pelos homens.
Me Parece que Joás, pai de Gideão, foi o segundo convertido nessa história.

A nossa missão, como a de Gideão, começa em casa. Tanto no Velho como no Novo Testamento, Deus destaca as nossas responsabilidades em relação à própria família. Filhos devem obedecer e honrar aos pais (Efésios 6:1-3). Maridos e esposas devem amar um ao outro (Efésios 5:25; 1 Pedro 3:7; Tito 2:4-5). Pais devem instruir os filhos, criando-os na disciplina e admoestação do Senhor (Deuteronômio 6:6-7; Efésios 6:4). Um dos alvos de cada servo de Deus é de influenciar sua família para servir ao Senhor (Josué 24:15).

E não há outro caminho a não ser o do sacrifício!


Que Deus te oriente,na Fé

Igreja Universal completa 34 anos no espírito da revolta; Lutas e perseguições são estímulos para a Igreja, que não para de crescer

A Igreja Universal do Reino de Deus completa 34 anos de existência neste dia 9 de julho e não para de se expandir pelo mundo afora. Com a contínua inauguração de templos e o constante aumento do número de membros, a IURD vem cumprindo o seu propósito principal, que é levar a Palavra de Deus ao maior número possível de pessoas.

Oficialmente, tudo começou no dia 9 de julho de 1977, mas, na verdade, ela surgiu no mesmo dia em que uma das filha do bispo Edir Macedo, Viviane Freitas, nasceu, em janeiro de 1975, isto é, há 36 anos; dia em que nasceu dentro do bispo a maior de todas as revoltas. Na biografia “O Bispo”, de Douglas Tavolaro, o bispo Macedo explica o motivo de tanta indignação: a filha havia nascido com uma fissura nos lábios, cortados dos dois lados. Ao abrir-lhe a boca, era possível ver o palato (céu da boca).

Foi então que, em meio à tamanha dor, ele disse no hospital, socando a cama: “Agora, mais do que nunca, eu vou pregar o Evangelho, porque eu sei o que é sofrer. Se nós que temos Deus, quando passamos por um choque desses, ficamos arrasados, imagina as pessoas que não têm esperança, que não sabem que Deus está ao lado. Agora eu vou. Ninguém vai me impedir de pregar o Evangelho."

Revolta. Foi este espírito de fé e ousadia que trouxe à existência o que não existia. Do coreto do Jardim do Méier, no Rio de Janeiro para o mundo. Há 47 anos o bispo Macedo tem servido ao Senhor Jesus, levado a Palavra de Deus por esse mundo afora. O sacrifício diário de pregar as Boas Novas tem mudado a história de milhões de vidas nestes 34 anos. Os Cenáculos do Espírito Santo não param de crescer.

Mídia, o alicerce

Para dar respaldo a este crescimento, o uso das tecnologias da informação tem sido fundamental, tanto no Brasil quanto no exterior. As mídias impressas, televisivas, radiofônicas e digitais não são novidades para a IURD, que se utiliza desses meios para propagar o Evangelho e colaborar com ações sociais.

Na internet, a Igreja Universal de vários países tem o seu portal. No Brasil, foi lançado, em 2001, o Arca Universal, que vem conseguindo, mensalmente, através do seu complexo, mais de 20 milhões de page views (acessos), atingindo o topo entre os portais evangélicos. No blog do bispo Edir Macedo (www.bispomacedo.com.br/blog), o internauta encontra palavras de vida à luz da Bíblia e pode interagir com o autor. O bispo publica mensagens para o fortalecimento espiritual. Os usuários podem enviar seus comentários com segurança e qualidade e dialogar com internautas do Brasil e do mundo

Recentemente, a estreia da IURD TV aproximou ainda mais os internautas da Igreja. Por meio dos programas, as pessoas têm 24 horas a oportunidade de interação com bispos e pastores, pelo endereço http://www.arcauniversal.com/iurdtv/ .

Além de poderem acompanhar programas apresentados por bispos e pastores de diversos estados, todos os dias, às 09 horas da manhã, o bispo Macedo realiza um programa ao vivo, no qual conta com testemunhos, mensagens de fé e esclarecimento de dúvidas deixadas no blog dele

Na mídia radiofônica, o destaque fica por conta da Rede Aleluia (emissoras de rádio afiliadas que transmitem a programação da IURD no Brasil e no mundo). Por reconhecer a abrangência e a importância do rádio como instrumento para evangelização, o bispo Edir Macedo criou, há 2 anos, a campanha para expansão da rede e, desde então, foram mais conquistas. Hoje, a Rede Aleluia possui 71 emissoras afiliadas e, em âmbito internacional, é transmitida pela internet, via satélite. O líder de audiência é o programa “Palavra Amiga”, apresentado pelo próprio bispo às 23 horas e reprisado no dia seguinte, às 6h. “Somente no céu tomaremos conhecimento dos frutos do trabalho evangelístico realizado por este meio de comunicação”, destacou o bispo Macedo.

Por meio da programação radiofônica da IURD, milhares de pessoas solitárias, em casa, hospitais e presídios, são alcançadas pelas mensagens de edificação e avivamento da fé.

Entre os impressos, a Igreja conta com diversos veículos de circulação nacional e internacional. No Brasil, destacam-se o jornal “Folha Universal” , fundado em 1992. Hoje, com a maior tiragem do País – mais de 2,5 milhões de exemplares –, atende o público, evangélico ou não, com informações de editorias variadas.

África do Sul, Moçambique, Argentina e Equador são alguns dos países onde a IURD também possui periódicos. A revista “Plenitude” é uma publicação mensal utilizada pela Igreja no Brasil e em Portugal. Ela aborda os mais diversos assuntos, comentando fatos do cotidiano e analisando com profundidade as consequências no cenário social. A “Plenitude” brasileira foi lançada em 1979, 2 anos após a fundação da Igreja. Em Portugal o primeiro número saiu em 1994.

Há 4 anos surgiu a revista “Visão da Fé”, criada para os auxiliares do bispo Macedo. A publicação traz informações acerca das viagens missionárias do bispo e do crescimento da Rede Aleluia. Já os jovens e as crianças contam com publicações específicas para suas faixas etárias. Entre elas, “Força Jovem” (jovens e adolescentes), “Folhinha IURD” (infantil) e “Revista Educador” (para os educadores que atendem a faixa etária de 4 a 10 anos).

Literatura

Na literatura, a Igreja Universal também é responsável por diversos livros para o despertamento da fé e outros temas cristãos. Entre os autores estão bispo Edir Macedo, Cristiane Cardoso e Ester Bezerra. Todas as revistas e livros da IURD são publicados pela Unipro Editora, uma das maiores e mais importantes editoras do País. Para adquirir qualquer publicação, basta acessar: www.arcacenter.com.br .

Cultura

O Centro Cultural Jerusalém (CCJ) foi mais uma conquista da IURD, inaugurado em maio de 2008, na Catedral Mundial da Fé, em Del Castilho, zona norte do Rio de Janeiro. Nele está exposta a maior maquete de Jerusalém do mundo

Ponto Turístico oficial

Reconhecido pela importância para a cultura e a educação, o CCJ passou a fazer parte da lista dos pontos turísticos oficiais do Rio, através da Lei Estadual n° 5.375, assinada pelo governador Sérgio Cabral no dia 1º de abril de 2009. Na inauguração do CCJ, compareceram muitas autoridades e artistas, entre eles, a embaixadora do Estado de Israel, Tzipora Rimon, que agradeceu a iniciativa dos “amigos brasileiros” pela expressiva homenagem; o ministro dos Esportes, Orlando Silva; o senador Marcelo Crivella; o vice-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão; e vários artistas da Rede Record.

Muito mais

Embora a IURD, com apenas 34 anos, já tenha superado grandes obstáculos, um dos projetos mais ousados ainda está em desenvolvimento: o Templo de Salomão.

Enquanto o desejo dos judeus não se concretiza, o bispo Edir Macedo, inspirado pelo Espírito Santo, decidiu construir a Réplica do templo em São Paulo, no bairro do Brás. Ele conta que, durante uma viagem de peregrinação à Terra Santa, comentou com os outros bispos o desejo de que todo o povo da Igreja Universal pudesse, pelo menos uma vez na vida, pisar no chão e nas pedras que um dia Jesus pisou. Após esse comentário, ele refletiu: “Se eu não posso trazer todo o povo para cá, então vou levar pedaços desta terra para eles.”

Depois deste dia, a ideia tomou forma e, no mês de julho de 2010 a grande obra foi anunciada. Pelo site do projeto (http://www.otemplodesalomao.com/) é possível acompanhar o andamento da obra e ter uma ideia de como o templo ficará.

Fonte: Da redação / Agência Unipress Internacional
redacao@arcauniversal.com

Que Deus nos oriente,na fé !

O poder da palavra


Deus fala através da Sua Palavra e obedecer quando ela traz à existência as coisas que não existem. O universo, as maravilhas, as grandes coisas que vemos todas as coisas foram criadas através do poder da Palavra de Deus, que produz vida. Para que a Palavra de Deus tem o poder de trazer as coisas em existência, que não existem. (Gênesis 1:1-7).

Em nossos tempos atuais a palavra tem o mesmo efeito que quando Deus criou o universo. A Palavra de Deus não muda, tudo pode acontecer, mas a Palavra de Deus permanece. A Palavra tem poder de curar todos os nossos males, tem poder para restaurar a nossa família, tão livre do vício, etc Se você quiser mudar a sua vida, progresso, prosperidade, é preciso agir a fé na Palavra de Deus. A Palavra de Deus tem poder para salvar aqueles que crêem.

Um dia, Abraão estava em sua terra natal de seus pais, Deus lhe disse para deixar sua parentela e ir para um lugar que lhe mostraria. Mas, para ser abençoado tinha que agir pela fé. Abraão Para conquistar a grandeza de Deus e fazer dele um grande e poderosa nação, era necessário que Abraão para acreditar e obedecer.

As promessas de Deus estão condicionadas a nossa obediência e prática da Palavra de Deus. Abraão teve que tomar uma decisão, ele teve que desistir de sua terra, o parentesco, os seus bens e se o fizesse, perderia tudo. Mas se ele agiu a fé e obedecer a voz de Deus, que ele ia ganhar mais. (Gênesis 12:1-9).

Quando Deus quer fazer alguma coisa na nossa vida, sempre vem a voz negativos, que são os pensamentos que o diabo sopra para a dúvida entre os dois. Mas isso, em cada um de nós dar ouvidos à voz de Deus ou do diabo. Outro ponto é que não podemos tomar decisões com base na fé dos outros. Todos nós temos uma fé e convicção de que a crença e nossa fé deve nos levar a agir de acordo com nossa fé.

Quando Deus disse a Abraão para deixar tudo, ele pediu a seus parentes, sua esposa, parentes, etc. Abraão creu a voz de Deus e tomou a decisão motivado por sua fé e sua convicção, ninguém influenciou sua fé, ele agiu em sua própria fé. Tudo que você faz, movido pela sua própria fé, produzem a vida e chama à existência tudo o que ele ainda não foi feito.

Se você acredita na Palavra de Deus vem totalmente, coloca em prática, Deus te abençoe. Sua crença, sua fé na Palavra de Deus é o que vai fazer a diferença em sua vida. Nossa vida não podem ser ligados a um, todos em nossa atitude com a Palavra de Deus. Se você entrega a Deus e coloca sua vida em total dependência dEle, sua vida tomar um novo rumo, e maior do que as coisas acontecer, que um dia você poderia imaginar.

Talvez você agora está passando por muitas lacunas, necessidades, não é nada .. Mas se você abrir seu coração para Deus, entrega a Ele, fez um compromisso com Deus e começa a cair por um trabalho de Sua Palavra, assim, portanto, sua vida será transformada. Deus te abençoe.

Bispo Paulo Roberto.

Tradução do Espanhol para o Português

Deus te oriente,na Fé!

Com raiva do cara errado

Muitos ficam com raiva de Deus, em vez de odiar o causador do problema, que é o mal

Eu não entendo as pessoas que ficam com raiva de Deus. Quer dizer, eu até entendo o quê as leva a ter, mas não entendo o motivo pelo qual elas alimentam esse sentimento.

Hei? Acorde! Ele é o único que te pode ajudar, esqueceu?

Se eu tivesse uma doença incurável e existisse apenas um médico no mundo que pudesse me curar, eu ia querer ser amigo dele, tratá-lo bem e não ter raiva dele porque eu estou doente. Por que será que as pessoas não entendem isso quando se trata de Deus?

Às vezes ouço muitos dizendo: “Eu estou com raiva porque Deus é poderoso, portanto, Ele pode me ajudar, mas não tem me ajudado.” Eu acho que essas pessoas deveriam se ouvir um pouco mais atentamente.

Quando dizem:“... porque Deus é poderoso ...” , aí é que está o segredo! Pois, se o mais fraco precisa da ajuda do mais forte, é sempre o mais forte quem dita os termos para ceder essa ajuda. Mas aqui vemos os mais fracos querendo ditar ao Todo-Poderoso como Ele deve fazer o trabalho dEle. O que eu acho é que eles estão com raiva do cara errado.

Texto retirado do blog do bispo Renato Cardoso

Um exemplo é o da mulher de Jó que no momento mais difícil da vida dele, quando nada tava dando certo para Jó,e ele que já havia perdido tudo e ainda contraído uma doença que lhe causou,tumores malignos, desde a planta do pé até ao alto da cabeça.(Jó 2.7),ela lhe disse: Ainda conservas a tua integridade? Amaldiçoa a Deus e morre.(Jó. 2.9) Ela como não tinha o entendimento da fé,incitou Jó a amaldiçoar Deus.

Mas ele lhe respondeu: Falas como qualquer doida; temos recebido o bem de Deus... Em tudo isto não pecou Jó com os seus lábios.(Jó.2.10)

Agora veja o que Deus vez na vida de Jó :Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra... Assim, abençoou o SENHOR o último estado de Jó mais do que o primeiro;...(Jó42.10-17)


A nossa revolta tem de ser contra o causador da situação adversa,enfrentando a situação,e lutando com as armas da fé.

Deus te oriente,na Fé!

A morte significa aniquilação ou separação ? O que a Bíblia ensina ?

O homem tem tanto um corpo material como um espírito imortal. Ao morrer, o corpo do homem retorna à terra e se consome. Pela fé, o cristão também sabe que quando Cristo retornar, no final dos tempos, nossos corpos ressuscitarão dentre os mortos em estado imperecível e incorruptível. (Estude 1 Coríntios 15 para maiores minúcias.)

Ao morrer, o espírito do homem retorna a Deus (Eclesiastes 12:7). Paulo disse que, quando ele morresse, estaria presente com o Senhor (2 Coríntios 5:6-8; Filipenses 1:21-23). Mesmo os espíritos dos homens ímpios permanecem conscientes, sofrendo tormento (Lucas 16:19-31). Muitas pessoas ficam confusas com a palavra "morte". Elas crêem que ela significa aniquilação ou o fim da existência. Contudo, a idéia básica na palavra "morte" é separação. A morte material significa separação do corpo e do espírito. A morte espiritual significa a separação do homem e de Deus. Quando eu morro, eu não deixo de existir, mas de fato minha alma e meu corpo são separados.

"E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo,assim também Cristo, tendo-se oferecido uma vez para sempre para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o aguardam para a salvação.(Hebreus 9.27,28)


"Não queremos, porém, irmãos, que sejais ignorantes com respeito aos que dormem, para não vos entristecerdes como os demais, que não têm esperança. Pois, se cremos que Jesus morreu e ressuscitou, assim também Deus, mediante Jesus, trará, em sua companhia, os que dormem. Ora, ainda vos declaramos, por palavra do Senhor, isto: nós, os vivos, os que ficarmos até à vinda do Senhor, de modo algum precederemos os que dormem. Porquanto o Senhor mesmo, dada a sua palavra de ordem, ouvida a voz do arcanjo, e ressoada a trombeta de Deus, descerá dos céus, e os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os vivos, os que ficarmos, seremos arrebatados juntamente com eles, entre nuvens, para o encontro do Senhor nos ares, e, assim, estaremos para sempre com o Senhor.Consolai-vos, pois, uns aos outros com estas palavras.(1Tessalonicenses 4.13-18)

Assim, aqui está o que a Bíblia diz sobre a situação dos mortos: seus corpos retornam ao pó, aguardando a ressurreição. Seus espíritos estão ou no paraíso, com Deus, ou em tormento, dependendo de seus atos quando estavam em seus corpos.


LEIA TAMBÉM :
Qual a real situação dos mortos ?
Qual a origem do culto aos mortos ou do dia de Finados?
Existe base bíblica para se crer no purgatório, lugar intermediário entre o céu e o inferno?
Por que os católicos fazem essa celebração aos mortos com rezas e acendendo velas junto aos túmulos?


A vida e a morte

A morte

O batismo no leito de dor


Que Deus nos oriente,na Fé !

Festas Juninas,o perigo de desviar o foco da verdadeira fé em Cristo

O mês de junho é recheado de festividades. Depois do Dia dos Namorados, a festa é de Santo Antônio (conhecido popularmente como o santo casamenteiro), São João e São Pedro.

Há algumas teorias acerca da origem das Festas Juninas, como são chamadas. A primeira refere-se ao fato de acontecerem no mês de junho, daí o junina. A segunda explica que, por serem originárias de países católicos europeus, as festas seriam uma homenagem a São João (Batista). No entanto, no mês de junho, pelo menos três santos católicos são homenageados: além de São João (comemorado no dia 24), Santo Antônio (comemorado em 13) e São Pedro (comemorado no dia 29) também são celebrados.

Apesar dos grandes riscos de incêndio, as Festas Juninas são marcadas por fogueiras e balões. Outros itens presentes na tradição são a quadrilha, o pau-de-sebo, o casamento caipira, o fogo, as simpatias, a lavagem dos santos e as comidas típicas.

Conheça o significado de alguns itens:

Fogueira: Segundo a tradição, é considerada um símbolo de reunião entre amigos e familiares, além de simbolizar a purificação; serve de proteção contra espíritos, homenageia e agradece aos deuses;

Balões: São uma oferta aos céus, cujo propósito é realizar ou agradecer pela realização de pedidos;

Fogos: A crença popular diz que o som produzido pelos fogos de artifício serve para espantar espíritos maus e para acordar São João para a festa;

Casamento caipira: É uma celebração típica, em que a noiva engravida antes de casar-se. O noivo, bêbado, por sua vez, tenta fugir do compromisso, mas é impedido pelo delegado, que o obriga a se casar;

Quadrilha: Esta tradição é de origem inglesa, mas, na França, recebeu o nome de quadrille. Ela foi trazida ao Brasil através dos portugueses e significa o agradecimento aos santos pelas boas colheitas;

Lavagem dos santos: neste episódio, as bandeiras, simbolizadas pelas bandeirinhas, são mergulhadas em água, significando purificação em todo o ambiente da festa;

Simpatias: Principalmente para trazer sorte no amor. Nesta tradição, a imagem do santo (Antônio) recebe castigos até que a pessoa encontre o seu amor.

Fé em Cristo

A Bíblia não faz referências sobre festividades que envolvam santos. Nem mesmo o Natal é referido. Muitas festas e datas comemorativas celebradas no País são de origem pagã, trazidas para agradecer aos deuses por uma suposta colheita bem-sucedida ou pela realização de pedidos.

Apesar de ser uma celebração cultural e uma tradição que vem desde a chegada dos portugueses, as Festas Juninas trazem o perigo de desviar o foco da fé bíblica e racional para uma fé emotiva, cujo teor é o imaginário popular, a crendice e o folclore.

Além disso, mesmo considerada uma festa cristã, o cristianismo em si celebra a fé em Jesus Cristo, nas Suas promessas e na certeza de que somente Ele tem o poder de curar, abençoar e realizar os sonhos de qualquer pessoa que deposite nEle sua inteira confiança.

Por Jaqueline Corrêa
jaqueline,correa@arcauniversal.com

Fonte: Arca Universal

Que Deus nos oriente,na Fé!

E se você gostou do blog fale com outras pessoas sobre ele.
Ajude-nos a divulgar JESUS SEM HERESIAS !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...