IURD Cenáculo Brasilândia Rua,Parapuã,1885, V. Brasilândia, São Paulo, SP

Loading...

JESUS transforma tanto a vida como a morte


Deus nos salvou e nos chamou para sermos o seu povo. Não foi por causa do que temos feito, mas porque este era o seu plano e por causa da sua graça. Ele nos deu essa graça por meio de Cristo Jesus, antes da criação do mundo. Mas agora ela foi revelada a nós por meio do glorioso aparecimento de Cristo Jesus, o nosso Salvador. Ele acabou com o poder da morte e, por meio do evangelho, revelou a vida que dura para sempre. (2. Tim 1.9-10)

A mais fantástica de todas as afirmações cristãs é que Jesus Cristo ressuscitou dentre os mortos. Ela força a nossa credulidade ao limite. Os seres humanos têm tentado da maneira mais ingênua possível desafiar e negar a morte. Contudo, somente Cristo afirmou tê-la conquistado, ou seja, tê-la derrotado em sua própria experiência e destruído seu poder sobre os outros.

Em nossos dias, ao menos no Ocidente, ninguém exemplifica a angústia generalizada, e particularmente o medo da morte, de maneira mais tragicômica que o cineasta Woody Allen. Ele considera a morte e a decomposição com terror. Ela se tornou uma obsessão para ele. Na verdade ele ainda consegue fazer piada sobre o assunto. “Não que eu tenha medo de morrer, só não quero estar lá quando acontecer” — graceja. Ele chama a morte de algo “absolutamente assombroso”.
Jesus Cristo, porém, resgata seus discípulos desse horror. Consideremos uma de suas grandes declarações que se iniciam com a expressão “Eu sou”: “Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; e quem vive e crê em mim, não morrerá eternamente” (Jo 11.25-26). Esses versículos contêm uma dupla promessa de Jesus a seus seguidores. Quem crê e vive nunca morrerá, porque Cristo é a sua vida, e a morte lhe parecerá apenas um episódio trivial. Quem crê e morre, no entanto, viverá outra vez, porque Cristo é a sua ressurreição. Assim, Cristo é tanto a vida para aqueles que vivem como a ressurreição para aqueles que morrem. Ele transforma tanto a vida como a morte.
Conta-se que Henry Venn, evangélico anglicano do século 18, quando foi informado de que estava morrendo, ficou tão alegre que sua alegria o manteve vivo por duas semanas! Tal atitude destemida e alegre diante da morte só é possível por causa da ressurreição de Jesus e de sua vitória sobre a morte.
Para saber mais: João 11.17-44
Fonte:  A Bíblia Toda, O Ano Todo (John Stott).
"A perspectiva do discípulo radical é ver a morte não como o término da vida, mas como a entrada para ela." 
John Stott



Quando temos a certeza da vida eterna,nem mesmo a morte pode tirar a alegria da salvação.

O jejum de Daniel é uma oportunidade,pra você que, ainda não tem essa certeza se fortalecer, e buscar esse encontro. 
 O Encontro com Deus.



Que Deus nos oriente, na Fé!

Diferença de espirito

 Meu pai um verdadeiro guerreiro!!!

Estamos vivendo à revolta!! E hoje me deparei com uma situação,em que mais revoltou, meu espirito,mas deixa pra lá... O que eu quero,é mostrar, que você é, aquilo que você, pensa de você. Como é que você tem se visto? Fraco? Deprimido? Velho? Hahm?!! Como? Pensa!!

Lendo a Bíblia, nos deparamos com dois casos, que vai ilustrar, muito bem, tudo o que quero, que você entenda,meu amigo leitor.

Existem dois grupos de pessoas,as acomodadas e as "revoltadas". Ou seja, pessoas passivas e ativas,pessoas que se sujeitam ao fracasso e as que não aceitam serem fracassadas.

Exemplos : Barzilai e Calebe.

Também Barzilai, o gileadita, desceu de Rogelim e passou com o rei o Jordão, para o acompanhar até ao outro lado. Era Barzilai mui velho, da idade de oitenta anos; ele sustentara o rei quando este estava em Maanaim, porque era homem mui rico. Disse o rei a Barzilai: Vem tu comigo, e te sustentarei em Jerusalém. Respondeu Barzilai ao rei: Quantos serão ainda os dias dos anos da minha vida? Não vale a pena subir com o rei a Jerusalém. Oitenta anos tenho hoje; poderia eu discernir entre o bom e o mau? Poderia o teu servo ter gosto no que come e no que bebe? Poderia eu mais ouvir a voz dos cantores e cantoras? E por que há de ser o teu servo ainda pesado ao rei, meu senhor? Com o rei irá o teu servo ainda um pouco além do Jordão; por que há de me retribuir o rei com tal recompensa? Deixa voltar o teu servo, e morrerei na minha cidade e serei sepultado junto de meu pai e de minha mãe; mas eis aí o teu servo Quimã; passe ele com o rei, meu senhor, e faze-lhe o que bem te parecer. Respondeu o rei: Quimã passará comigo, e eu lhe farei como for do teu agrado e tudo quanto desejares de mim eu te farei(2Sm.19.31-38)


Como se pôde constatar ,Barzilai foi até útil ao rei,lhe provendo o sustento enquanto este esteve em Maanaim. Mas se acomodou e usando o pretexto da idade se negou a acompanhar o rei até Jerusalém e servi-lo assim de perto, antes preferindo esperar a morte. Muitos até diriam -Ele de fato já era muito velho e poderia estar debilitado ..... Mas o fato é que Barzilai se acomodou!

Agora note a diferença de espirito, em Calebe.

Tinha eu quarenta anos quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia para espiar a terra; e eu lhe relatei como sentia no coração. Mas meus irmãos que subiram comigo desesperaram o povo; eu, porem, perseverei em seguir o SENHOR, meu Deus. Então, Moisés, naquele dia, jurou, dizendo: Certamente, a terra em que puseste o pé será tua e de teus filhos, em herança perpetuamente, pois perseveraste em seguir o SENHOR, meu Deus. Eis, agora, o SENHOR me conservou em vida, como prometeu;quarenta e cinco anos há desde que o SENHOR falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e, já agora, sou de oitenta e cinco anos. Estou forte ainda hoje como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força naquele dia, tal ainda agora para o combate, tanto para sair a ele como para voltar. Agora, pois, dá-me este monte de que o SENHOR falou naquele dia, pois, naquele dia, ouviste que lá estavam os anaquins e grandes e fortes cidades; o SENHOR, porventura, será comigo, para os desapossar, como prometeu. Josué o abençoou e deu a Calebe, filho de Jefoné, Hebrom em herança. Portanto, Hebrom passou a ser de Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, em herança até ao dia de hoje, visto que perseverara em seguir o SENHOR, Deus de Israel. (Josué.14.7-14)


Notou? Poxa como era diferente o espírito que habitava em Calebe!! Quando foi chamado ele tinha quarenta anos,e quando recebeu a promessa já era da idade de oitenta e cinco anos, mas tinha a mesma força e disposição . Será, que os anos que Calebe, passou no deserto foram melhores, que os de Barzilai em Maanaim sendo ele rico? É claro que não!! Nas o espirito de Calebe era revoltado e não acomodado. O espirito de Calebe era novo!! E não velho, tem gente que se limita. Da uma revolta!!

Ai tem aqueles que vão dizer o Geraldo enlouqueceu,lendo a Bíblia. Mas não éh! Meu amigo. Quem conhece minha família sabe. meu pai é um exemplo de espirito aguerrido,pois o homem tem 72 anos, tem um diagnóstico médico que é contraditório com o que ele demonstra. Pois sendo portador de um câncer de próstata a 6 anos, não podendo ser submetido a intervenção cirúrgica, faz tratamento a base de hormônios.

Outro, na situação dele, já tinha se desesperado, e jogado a toalha. Mas o "velho" não para, luta, segue em frente, trabalha, trabalha mesmo... de terça a domingo em feiras publica. Sobe e desce morro,brinca com os netos. Outro dia numa conversa comigo, falou uma coisa que ficou marcada; -"a doença tá na mente, é igual a idade, se você pensa como jovem,você é jovem,se pensa como doente,será doente,só me entrego pra morte,se ela for mais forte do que eu. Como ela não é eu vou ficar aqui com sua mãe pra reconstruir o mundo... Risos" Eu e minhas irmãs as vezes falamos; - "Pai o senhor tem que descansar." Ele vira e diz; "Só vou descansar quando morrer!!"

Isso é espirito aguerrido!!! E você qual é o seu espirito??

Acredite em você!! Porque se você não acreditar em você mesmo de nada vai adiantar crer em Deus!
Primeiro creia em Deus, logo creia em você mesmo, você é capaz!!!


Que Deus te oriente,na Fé !


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...