IURD Cenáculo Brasilândia Rua,Parapuã,1885, V. Brasilândia, São Paulo, SP

Loading...

Bispo Paulo R. Guimarães na "Fé de Gideão" Direto de Califórnia - EUA

Ele acreditou no Messias, mesmo sem ter andado com Ele, André: um pregador intimista

É comum ouvir falar do apóstolo Paulo, ou de Pedro, até porque eles pregaram para multidões, mas André tem seu nome mencionado apenas 12 vezes na Bíblia. Porém, isso não menospreza sua importância como um dos 12 apóstolos, mas enaltece o fato dele ser um pregador intimista, que gostava de falar de Deus em privado.

Era um homem que procurava pelo Messias e confiava na obra futura do Mestre antes mesmo de tê-Lo encontrado pessoalmente. Ele foi um seguidor de João Batista e, depois, quando foi apresentado a Jesus, O seguiu (leia João 1:35-40).

É desta forma que devemos acreditar e transmitir a fé em Jesus: ministrar as pessoas na intimidade, ao ponto de cada uma delas conhecer o verdadeiro Mestre.

André nasceu em Betsaida, nas praias do norte do Mar da Galileia, e trabalhou com seu irmão na pesca – talvez aqui um indicador de que ele seria um pescador de homens. Conhecido por ser zeloso, sincero e dedicado como apóstolo, foi quem apresentou Pedro a Jesus (João 1:41).

Mas será que cada um de nós faz isso? Quantos amigos e familiares ainda não ouviram você falar de Jesus para eles? André andava com João e, quando ouviu falar que Jesus estava ali, foi correndo chamar seu irmão Pedro.

Varonil

‘André’ é tradução do grego, Andreas, que significa ‘varonil’. Outras pistas do Evangelho indicam que André era fisicamente forte, e homem devoto e fiel. Ele não usou de sua aparência para aparecer em público, ao contrário, ele simplesmente creu e levou seu irmão ao encontro de Jesus.

Ter fé em Cristo é algo que não podemos impor a ninguém, mas temos que fazer o que nosso Mestre nos mandou, que é ir e pregar o Evangelho (Marcos 16:15). Ele não disse: espera o momento certo, pense primeiro na sua situação financeira, compre uma casa e depois fale do meu amor. Cristo só disse: “Ide”, independentemente de sua classe social, do que você tem ou onde você trabalha, Ele só quer que você abra a sua boca para que todos possam conhecê-Lo na intimidade.

André é um dos apóstolos considerados os primeiros missionários da fé cristã, por apresentar a Jesus um grupo de gregos (João 12:20-22). Você está preparado para este ‘ide’?
Fique atento, Jesus precisa de sua entrega para que outras vidas sejam salvas.

Fonte: Arca Universal

Por Tany Souza
tany.souza@arcauniversal.com

O "revoltado" não aceita ver o diabo destruindo a vida das pessoas,sem fazer nada.
O "revoltado" toma as almas das guarras do diabo.
O "revoltado" também é um evangelista.
Não aceite ir ao próximo culto ou reunião em sua igreja,sem ter uma alma para apresentar a Jesus. Leve alguém com você.

Que Deus nos oriente,na Fé!

O Anticristo,os Ilumimatis,os falsos profetas e as novas paranóias evangélicas

Eu nem se quer conheço o pregador que aparece no final deste vídeo,mas faço minhas as palavras dele. Pois na minha bíblia eu li :

Irmãos, quanto à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo e à nossa reencontro com ele, rogamos a vocês que não se deixem abalar nem alarmar tão facilmente, quer por profecia, quer por palavra, quer por carta supostamente vinda de nós, como se o dia do Senhor já tivesse chegado.

Não deixem que ninguém os engane de modo algum. Antes daquele dia virá a apostasia e, então, será revelado o homem do pecado, o filho da perdição.Este se opõe e se exalta acima de tudo o que se chama Deus ou é objeto de adoração, a ponto de se assentar no santuário de Deus, proclamando que ele mesmo é Deus.

Não se lembram de que quando eu ainda estava com vocês costumava lhes falar essas coisas?
E agora vocês sabem o que o está detendo, para que ele seja revelado no seu devido tempo. (2Tessalonicenses 2,1-6)



Os dias estão sendo abreviados,prepare-se Jesus está as portas!E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias. Mateus 24:22

porque, como os novos céus, e a nova terra, que hei de fazer, estarão diante da minha face, diz o SENHOR, assim também há de estar a vossa posteridade e o vosso nome. Isaías 66:22

Nada temas das coisas que hás de padecer. Eis que o diabo lançará alguns de vós na prisão, para que sejais tentados; e tereis uma tribulação de dez dias. Sê fiel até à morte, e dar-te-ei a coroa da vida. Apocalipse 2:10

Deus te oriente,na fé !

De revolta ou de acomodação,qual é o seu espirito??

Existem dois grupos de pessoas,as acomodadas e as "revoltadas". Ou seja, pessoas passivas e ativas,pessoas que se sujeitam ao fracasso e as que não aceitam serem fracassadas.

Exemplos : Barzilai e Calebe.

Também Barzilai, o gileadita, desceu de Rogelim e passou com o rei o Jordão, para o acompanhar até ao outro lado.
Era Barzilai mui velho, da idade de oitenta anos; ele sustentara o rei quando este estava em Maanaim, porque era homem mui rico.
Disse o rei a Barzilai: Vem tu comigo, e te sustentarei em Jerusalém.
Respondeu Barzilai ao rei: Quantos serão ainda os dias dos anos da minha vida? Não vale a pena subir com o rei a Jerusalém.
Oitenta anos tenho hoje; poderia eu discernir entre o bom e o mau? Poderia o teu servo ter gosto no que come e no que bebe? Poderia eu mais ouvir a voz dos cantores e cantoras? E por que há de ser o teu servo ainda pesado ao rei, meu senhor?
Com o rei irá o teu servo ainda um pouco além do Jordão; por que há de me retribuir o rei com tal recompensa?
Deixa voltar o teu servo, e morrerei na minha cidade e serei sepultado junto de meu pai e de minha mãe; mas eis aí o teu servo Quimã; passe ele com o rei, meu senhor, e faze-lhe o que bem te parecer.
Respondeu o rei: Quimã passará comigo, e eu lhe farei como for do teu agrado e tudo quanto desejares de mim eu te farei
(2Sm.19.31-38)

Como se pôde constatar ,Barzilai foi até util ao rei,lhe provendo o sustento enquanto este esteve em Maanaim. Mas se acomodou e usando o pretexto da idade se negou a acompanhar o rei até Jerusalém e servi-lo assim de perto, antes preferindo esperar a morte. Muitos até diriam -Ele de fato já era muito velho e poderia estar debilitado ..... Mas o fato é que Barzilai se acomodou!

Veja : Tinha eu quarenta anos quando Moisés, servo do SENHOR, me enviou de Cades-Barnéia para espiar a terra; e eu lhe relatei como sentia no coração.
Mas meus irmãos que subiram comigo desesperaram o povo; eu, porém, perseverei em seguir o SENHOR, meu Deus.
Então, Moisés, naquele dia, jurou, dizendo: Certamente, a terra em que puseste o pé será tua e de teus filhos, em herança perpetuamente, pois perseveraste em seguir o SENHOR, meu Deus.
Eis, agora, o SENHOR me conservou em vida, como prometeu; quarenta e cinco anos há desde que o SENHOR falou esta palavra a Moisés, andando Israel ainda no deserto; e, já agora, sou de oitenta e cinco anos.
Estou forte ainda hoje como no dia em que Moisés me enviou; qual era a minha força naquele dia, tal ainda agora para o combate, tanto para sair a ele como para voltar.
Agora, pois, dá-me este monte de que o SENHOR falou naquele dia, pois, naquele dia, ouviste que lá estavam os anaquins e grandes e fortes cidades; o SENHOR, porventura, será comigo, para os desapossar, como prometeu.
Josué o abençoou e deu a Calebe, filho de Jefoné, Hebrom em herança.
Portanto, Hebrom passou a ser de Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, em herança até ao dia de hoje, visto que perseverara em seguir o SENHOR, Deus de Israel.
(Josué.14.7-14)

Você notou como era diferente o espírito que habitava em Calebe? Veja que quando foi chamado ele tinha quarenta anos,e quando recebeu a promessa já era da idade de oitenta e cinco anos, mas tinha a mesma força e disposição . Será que os anos que Calebe passou no deserto foram melhores que os de Barzilai em Maanaim sendo ele rico? É claro que não mas o espirito de Calebe era revoltado e não acomodado.

E você qual é o seu espirito??


Deus te oriente,na Fé !

Quem está escrito no livro da vida?

Deus quer que nós tenhamos uma vida cheia de sucesso, feliz, próspero e que tudo o que você almeja alcançar seja realizado. Mas é necessário esclarecer que um verdadeiro vencedor não é aquele que vence apenas bênçãos materiais (casa, carro, negócios, etc) Os ganhos materiais são importantes, porque isso nos dá uma vida mais confortável, mas a maior conquista é quando estamos conquistado na fé e na vida eterna.

O apóstolo Paulo disse certa vez: "Combati o bom combate, terminei minha carreira, guardei a fé". (Timóteo 4:7). Combater o bom combate é manter os nossos corações, manter nossos pensamentos, para se proteger contra as coisas más,do pecado,e de todas demais coisas que nos separam de Deus. O Reino de Deus é a vida eterna e é a coisa mais importante que existe e muitos até agora não tem considerado assim.

A Palavra de Deus diz:" Ao anjo da igreja em Sardes escreve: Estas coisas diz aquele que tem os sete Espíritos de Deus e as sete estrelas: Conheço as tuas obras, que tens nome de que vives e estás morto.Sê vigilante e consolida o resto que estava para morrer, porque não tenho achado íntegras as tuas obras na presença do meu Deus."(Apocalipse 3:1-2). Infelizmente existem aqueles que pensam que estão bem espiritualmente, só porque eles conquistaram uma bênção, na sua saúde, a prosperidade econômica, a restauração de sua família. Mas essas conquistas só foram o resultado de um ato de fé ou uma manifestação de fé, de modo que em nada significa que a pessoa esta salva.

Lembra-te, pois, do que tens recebido e ouvido, guarda-o e arrepende-te. Porquanto, se não vigiares, virei como ladrão, e não conhecerás de modo algum em que hora virei contra ti.(Apocalipse 3:3) Deus está sempre pronto a perdoar, quando a pessoa está disposta a ser humilde e reconhecer seus pecados. Você pode nascer de novo, não importa os pecados que você cometeu, se você se arrepender e assumir um compromisso com Deus, Ele vai mudar a sua vida, e não apenas nas coisas materiais, você também vai conquistar o espiritual, que é o Reino de Deus.

"contudo, em Sardes, umas poucas pessoas que não contaminaram as suas vestiduras e andarão de branco junto comigo, pois são dignas."
(Apocalipse 3:4). Infelizmente são poucas as pessoas que são fiéis a Deus, que obedecem a Sua Palavra, que têm temor,que não querem pecar contra Deus e querem viver uma vida justa,e limpa diante dEle, então elas não contaminaram a sua fé .
Eu não tenho nenhuma dúvida ou pensamentos negativos de que:

"O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do Livro da Vida; pelo contrário, confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos".(Apocalipse 3:5). No céu, há um livro chamado "Livro da Vida", todos os que aceitam Jesus como seu único Senhor e Salvador, tem seu nome escrito no Livro da Vida. Se queremos que o nosso nome seja escrito, devemos estar preparados, buscando as coisas de Deus e levando-as a sério,vivendo longe de tudo o que desagrada a Deus, (não caminhando sobre fofoca, julgamento, crítica, não podemos agir com hipocrisia e engano). Porque vai chegar um momento em que vamos morrer ou em que Jesus voltará. Um dia todos seremos julgados segundo as nossas obras, por isso é importante buscar a nossa salvação como uma prioridade e se esforçar para mantê-la.

Se você tomar a decisão de lutar pela sua salvação, procurar seguir a Deus, nascer de novo, e isso exige sacrifício,e renúncia. Pois o verdadeiro vencedor é aquele que mantém a sua salvação até o fim,são aqueles que combatem o bom combate da fé,são aqueles que lutam e continuam a agradar a Deus. Embora muitas vezes posam sofrer rejeição, injustiça, problemas,etc... por causa de agradar a Deus; Mas mantenha a sua fé,pois se você alcançar a vida eterna,se você for salvo, Jesus confessará o seu nome diante do Deus-Pai. Deus te abençoe.

Bispo Paulo Roberto

Tradução do Espanhol para o Português

Deus te oriente,na Fé !

A revolta que produz vida

Em vez da mulher sunamita chorar a morte do filho, ela foi em busca de solução por meio da fé

“Tendo crescido o menino, saiu, certo dia, a ter com seu pai, que estava com os segadores. Disse a seu pai: Ai! Minha cabeça! Então, o pai disse ao seu moço: Leva-o a sua mãe. Ele o tomou, e o levou a sua mãe, sobre cujos joelhos ficou sentado até ao meio-dia, e morreu. Subiu ela e o deitou sobre a cama do homem de Deus; fechou a porta e saiu.” (2 Reis 4.18-21)


Qual é a maior dor que uma mãe pode sofrer? Claro que é a de ver um filho morrer, até porque o natural é o filho enterrar os pais. Mas nem esta mulher, que era uma pessoa de bem, honesta, hospitaleira e rica, por mais recursos que tivesse, pôde impedir a morte do seu filho.

Em primeiro lugar, é necessário entender: o que é a morte? É quando a pessoa morre espiritualmente, pois, fisicamente, enquanto o cérebro funcionar, a pessoa pode até estar em coma, mas será considerada viva. Por outro lado, a pessoa pode até ter o corpo em perfeito estado, mas se ocorre a morte cerebral, já está morta. Onde foi que a criança sentiu a dor? Exatamente na cabeça, quer dizer, onde está o nosso poder de reagir ou de desistir, de nos resignarmos ou de enfrentarmos os problemas. O mal sabe que um “espírito morto”, mesmo tendo de tudo nesta vida, será sempre uma pessoa infeliz, e, por isso, o seu alvo principal é matar a pessoa espiritualmente. Um espírito morto é um espírito resignado, acomodado, que, simplesmente, não reage.

Apesar de todas as suas posses, muitas pessoas sofrem por causa de um filho ou ente querido; com doenças; vícios; desvios de caráter; violência; que, obviamente, acabam fazendo com que elas se sintam frustradas. Aparentemente, elas possuem de tudo, mas a dor aguda permanece no seu interior. Então, o que fazem? Enquanto elas possuem recursos materiais, dedicam-se a procurar qualquer possibilidade de solucionar o problema ou de amenizar a dor. Porém, não procuram onde há a verdadeira vida. (Leia João 7.37-38)

As pessoas estão “sedentas” de uma vida realizada, completa, mas não buscam a Deus como deve ser. Alguns O buscam para reclamar dos seus problemas e até se rebelam contra a Sua Palavra, lançando a culpa de todos os seus problemas sobre Ele.

Mas, o que nos chama a atenção no episódio desta mãe é a atitude que ela tomou diante daquela dor indescritível:

1. Ela reconheceu que pelas suas próprias forças era impossível, pois teve o filho no seu colo e, ainda assim, ele morreu;

2. Ela não duvidou, não fez um escândalo ou se rebelou contra Deus. Pelo contrário, ela subiu até onde estava a cama do homem de Deus. Quer dizer, ela foi até o Altar, que é onde toda e qualquer morte desaparece;

3. “Fechou a porta”, quer dizer, não permitiu que os sentimentos a dominassem na hora em que ela deveria permanecer o mais lúcida possível, para fazer uso da fé inteligente e resolver o seu problema;

“Chamou a seu marido e lhe disse: Manda-me um dos moços e uma das jumentas, para que eu corra ao homem de Deus e volte.” (2 Reis 4.22) Ela não dependia da fé do marido, até porque ele viu o filho com uma dor de cabeça e não pôde fazer nada, muito menos ressuscitá-lo.

“Então, (Eliseu) chamou a Geazi e disse: Chama a sunamita. Ele a chamou, e, apresentando-se ela ao profeta, este lhe disse: Toma o teu filho.” (2 Reis 4.36) Porque somos de Deus, lhe devolveremos este familiar que hoje está “morto espiritualmente”, visto que, o mesmo Espírito que há em nós irá levantá-lo. E a sua vida voltará a ter alegria, pois uma casa sem nova vida é uma casa triste.

(*) Texto retirado do blog do bispo Júlio Feitas.

Que Deus nos oriente,na Fé !

Grande festa em Belém (PA)para comemorar centenário da Assembléia de Deus



Milhares de fiéis lotaram o Estádio Olímpico de Belém, neste sábado (18), durante as comemorações de cem anos da Assembléia de Deus no Brasil. Emocionados, os evangélicos participaram de uma carreata, seguida de grande festa que encerrou uma semana inteira de celebrações, que contou ainda com a inauguração do Museu Nacional da Assembléia de Deus. A igreja, fundada em Belém (PA), em 18 de junho de 1911, pelos missionários suecos Daniel Berg e Guinnar Vingre, contabiliza hoje 4.500 templos e 10 milhões de seguidores em todo o país.

Fonte:Portal R7.com

Homem tímido ou valente?

Depois da morte de Josué, o povo de Israel passou por mais de três séculos nos quais "não havia rei em Israel; cada um fazia o que achava mais reto" (Juízes 17:6; 21:25). Durante esse período, se repetia várias vezes o mesmo ciclo: Œ O povo obedecia a Deus por algum tempo e,  depois, afastou-se dele. Ž Como alerta ao povo rebelde, Deus permitia que um inimigo o oprimisse.  Quando o povo se arrependia e pedia libertação,  Deus mandava juízes para livrá-lo das mãos dos inimigos.‘ O povo resgatado servia ao Senhor durante o resto daquela geração, assim começando, de novo, o ciclo. Gideão foi o quinto dos juízes ou libertadores, apresentado em Juízes, capítulos 6, 7 e 8. Da vida dele, podemos aproveitar muitas lições valiosas.

Os midianitas oprimiram os israelitas por sete anos. Eles subiam cada ano e tomavam os produtos alimentícios dos campos e todos os animais dos hebreus. Para sobreviver, os israelitas escondiam alimentos do inimigo. Gideão estava preparando comida para escondê-la quando o Anjo do Senhor apareceu. Imagine este homem, trabalhando com medo do inimigo, quando ele ouviu as palavras do Anjo: "O Senhor é contigo, homem valente" (Juízes 6:12).Gideão respondeu: — Se o SENHOR Deus está com o nosso povo, por que está acontecendo tudo isso com a gente? Onde estão aquelas coisas maravilhosas que os nossos antepassados nos contaram que o SENHOR costumava fazer quando nos trouxe do Egito? Ele nos abandonou e nos entregou aos midianitas.(Juízes 6.13)


Pela resposta de Gideão, parece que ele nem pensou no significado da frase "homem valente". Ele entrou diretamente numa discussão com o anjo sobre a presença de Deus. A fé emotiva não deixa a pessoa ter coragem para tomar atitudes claras e objetiva

Ele não entendeu como Deus, estando com o povo, deixaria Israel sofrer. Deus continuou a conversa, desafiando Gideão a resolver o problema.


Já que ele duvidou da presença de Deus, devia ir na sua própria força (Juízes 6:14). Isso não! Gideão, agora, sentiu tão incapaz que procurou uma saída da missão dada por Deus. Ele explicou que era uma pessoa pequena de uma família insignificante de uma tribo pouco importante. Gideão não veio ao Senhor como homem valente. Deus ia fazer dele um líder corajoso.

A força de Gideão estava na sua revolta. Contudo, esta revolta não estava em seu coração, mas na sua mente. Gideão tinha a consciência do Deus de seus antepassados e de Suas maravilhas; que Ele era – e sempre será – Deus Onisciente, Onipresente e Todo-Poderoso. Isto é, um Deus que agia de fato!

Por meio de Seus servos fiéis e dedicados, Deus libertou três milhões de escravos do Egito, e de seus filhos constituiu a nação de Israel. Isso suscitou a inveja e, consequentemente, a ira dos povos do Oriente. Como um bando de escravos poderia se tornar uma nação? Todos foram contra e não aceitaram ter Israel como pátria. Caso semelhante acontece com a Igreja Universal do Reino de Deus diante das demais igrejas e religiões do mundo.

Por causa da fé racional, Gideão era revoltado contra a situação vigente em seu país; ele não aceitava crer em um Deus tão grande e se sujeitar à escravidão imposta pelos inimigos. A revolta dele não era um mero sentimento vindo do coração, mas que transbordava de seu intelecto. Como aceitar a escravidão, se dela Deus os havia libertado um dia? Isto é fé inteligente.

A fé emotiva não deixa que a pessoa tenha coragem para tomar atitudes concretas. Este tipo de pessoa é a que não tem nem coragem de sacrificar a vida pela salvação, quanto mais para conquistar benefícios. Antes, são indivíduos covardes e sujeitos às circunstâncias adversas. Porém, o mesmo não acontece quando a fé é separada da emoção. Este tipo de fé recusa vida mesquinha, miserável e indigna.

Se Deus é Pai e dono de tudo no universo, pode Seu filho viver uma vida sem qualidade?

Você acha que a fé racional, sobrenatural e inteligente aceita isso? Só os filhos das trevas aceitam uma coisa dessas!


A força verdadeira do servo do Senhor não vem de si mesmo, e sim de Deus. Ninguém é forte o bastante para resolver seus próprios problemas sozinho, especialmente quando falamos sobre nosso problema principal: o pecado. Dependemos de Deus e de sua graça (Efésios 2:8-9). Paulo disse: "tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4:13). Os homens valentes, hoje em dia, são aqueles que confiam no Senhor.

Aliás já foi assim com Gideão ele confiou no Senhor,ofereceu-lhe a oferta de sacrifício e edificou-lhe o altar.(Juízes.6.17-23). Dai sim sua revolta teve fim proveitoso e não apenas gemidos,murmurações, timidez... É hora de separar a fé da emoção,recusando assim uma vida que não glorifique a Deus!

Que Deus nos oriente,na Fé !

A autodisciplina

Sendo assim, não corro como quem corre sem alvo, e não luto como quem esmurra o ar.
Mas esmurro o meu corpo e faço dele meu escravo, para que, depois de ter pregado aos outros, eu mesmo não venha a ser reprovado.1Cor.9.26-27


Aquele que não sabe curvar-se à disciplina de fora,que não sabe obedecer,não dará um bom líder. Nem o dará aquele que não aprendeu a impor disciplina a si mesmo. Os que zombam da autoridade bíblica ou legal, ou se rebelam contra ela, raramente estão qualificados para altos postos de liderança. Paulo se impôs uma rigorosa disciplina interior em duas áreas,como vimos nos versos acima.

Ele expressava um temor autêntico,uma real possibilidade. Ele ainda não havia completado o curso; mesmo sua vasta experiência e grandes sucessos não o tornaram imune às sutis tentações do corpo. Para que seu ministério não fosse interrompido, ele estava disposto a trazer seus apetites corporais sob tão estrita autodisciplina como o faziam os atletas da época.

O cristão está sujeito ao perigo de ser derrotado pela excessiva indulgência com os apetites carnais,ou pela preguiça, e isto exige severa autodisciplina. no outro prato da balança encontra-se o excesso de atividade física que leva à fadiga e à exaustão. O cristão deve esta preparado para trabalhar duro, mais do que os demais, mas um homem exausto cai facilmente presa do adversário. Devemos estar vigilantes, guardando-nos contra ambos os extremos.

Ele guerreava com seus pensamentos." As armas com as quais lutamos não são humanas; pelo contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas.
Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo.


Paulo sabia que o pecado tem origem nos pensamentos,daí seu constante esforço por trazê-los sob o controle de Cristo, evitando assim que vagueassem. É preciso mais do que vigorosa força de vontade para trazer e manter o corpo e a mente sob controle divino, mas Deus fez provisão para isto. Mas o fruto do Espírito e domínio próprio.(Gl.5.23). O segredo de Paulo era que ele estava " cheio do Espírito" e este fruto desejável era produzido com abundância em sua vida.

Use a sua Fé para se encher do Espírito,e a sua Revolta estará a serviço de Deus,que por sua vez ti dará o domínio sobre toda e qualquer situação !

Revolta!! Esta é a Fé que agrada a Deus !

Deus te oriente,na Fé !

Tempo de Revolta



Revolta!!
Pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio.(2Tm 1.7)
Esta é a Fé que agrada a Deus !

Revolta!!

A revolta é uma energia. Serve para o bem ou para o mal, depende de quem a dirige. A maioria das pessoas revoltadas tem usado essa força para o mal.

O jovem revoltado com problemas familiares descamba para as drogas e até para a criminalidade. A pessoa num beco sem saída usa sua revolta para acabar com a sua vida. O traído usa sua revolta para se vingar de quem o traiu. Assim sendo, cada um usa sua revolta como combustível para queimar.

O revoltado é inconsequente quando usa sua força para o mal. Por conta disso, ele tem assumido sua posição de perdido e exteriorizado sua revolta em forma de ódio.

Imagine essa revolta a serviço de Deus!
O resultado será exteriorizar o ódio contra as forças espirituais do mal, causadoras das injustiças.

Com a direção Divina, esse poder não só vai reverter a própria situação, mas de toda a coletividade. Ou seja, a revolta, quando usada em parceria com Deus, promove o bem-estar pessoal e dos familiares. Como? Permitindo-se ser possuído pelo Espírito de Deus.
Faça um teste: coloque sua revolta a serviço de Deus. Ela vai despertar a fé pura e você vai arrebentar!

Bispo Macedo

Deus te oriente,na Fé !


Deus te oriente,na Fé !

O joio e o trigo

Bispo Macedo esclarece que somente através dos frutos é possível distinguir quem é quem.



Durante a mensagem de fé, exibida pela TV IURD para todo o mundo, através da internet pelo canal www.arcauniversal.com/tviurd, desta última sexta-feira (10), o bispo Macedo, juntamente com o bispo Guaracy, falou a respeito do joio e do trigo.

“...O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se.” Mateus 13: 24 e 25

Com base nesta palavra, o bispo Macedo explica que o Senhor Jesus é o semeador e as boas sementes são os filhos do Reino de Deus: “Quando a pessoa nasce de Deus, e é selada com o Espírito Santo, ela é trigo. Fomos plantados, semeados pelo Senhor Jesus. Já o joio são os filhos do diabo”, afirma.

Além disso, ele alerta para o fato de que neste mundo existe tanto o trigo quanto o joio. “Na hora dos frutos, o trigo é trigo, o joio é joio, enquanto não se revela os frutos. Então, você não sabe quem é quem, essa é a mais pura verdade. No dia certo, o joio será amarrado e lançado no lago de fogo, enquanto o trigo será colhido por Deus. O que me dá alegria é que o Senhor Jesus semeou em mim o trigo, e me deu a liberdade de pregar aquilo que a minha inteligência ressalta, o que faz a diferença entre os que são e os que não são”, enfatiza.

Ele frisa também que a luta da pessoa não é contra as enfermidades, os problemas econômicos, familiares ou sentimentais, pois as lutas são estritamente espirituais.

Para o bispo, a pessoa deve olhar para o Autor da fé, porque os problemas têm a finalidade de tirar o foco da fé. “Quando alguém dá ouvido à voz da dúvida, certamente colherá todo o mal proveniente dessa dúvida”, destaca.

Para encerrar o tema abordado durante a programação da Palavra amiga, o bispo Macedo fez questão de deixar aos internautas a seguinte passagem bíblica, que distingue o joio do trigo. “Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que preparei, diz o Senhor dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não serve”. (Malaquias 3:17-18)


Por: Mônica Ferreira
redacao@arcauniversal.com

Fonte:Arca Universal

Deus te oriente,na Fé!

Bispo Macedo fala sobre a Vigília da Revolta para o dia 23-06-2011 ás 3 horas da Madrugada



Fonte:Blog Fé em Fé

Livres da gaiola

Que a graça e a paz de Deus, o nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês! Em obediência à vontade do nosso Deus e Pai, Cristo se entregou para ser morto a fim de tirar os nossos pecados e assim nos livrar deste mundo mau. A Deus seja a glória para todo o sempre! Amém! (Gálatas.1.3-5)

George Thomas, um pastor inglês, apareceu um dia para sua pregação carregando uma gaiola vazia.
Cuidadosamente, colocou-a no púlpito, e começou a falar:

"Estava andando pela rua ontem, e vi um menino levando esta gaiola com um pequeno pássaro, tremendo de frio e medo. Eu perguntei:

– O que você vai fazer com esse passarinho?
Ao que ele respondeu:
– Vou levá-lo para casa, tirar suas penas e queimá-lo! Vou me divertir muito com ele!

Estupefato com o ódio daquele menino por aquele passarinho indefeso, ainda pude perguntar:

– Quanto você quer por esse passarinho?
– Ele não serve pra nada!
– É muito feio!
– Ah... O senhor não vai querê-lo... Respondeu ele.

Sendo muito insistente, consegui dissuadir o menino de seu intento, e comprei o passarinho por vinte dólares. E já de posse do pobre pássaro, libertei-o tão logo o menino deu-me as costas...”

Da mesma forma, o Senhor Jesus pagou o preço derramando o Seu sangue para que todo aquele que nEle crê seja livre. Você pode ser livre neste momento ou continuar na mão do diabo.

O que você escolhe?

Fonte:Blog Bispo Macedo

Deus te oriente,na Fé!

O sacrifício de Abel, a voz do sangue

Sacrifício significa colocar a vida no altar de Deus, isto é, entregar tudo a um só Deus. Quando você coloca sua vida em confiança,a disposição de Deus, é como se fosse um sinal para Ele de amor e fé verdadeira. Só Sacrificam aqueles que acreditam, assim podemos dizer que o sacrifício é a maior demonstração da nossa fé em Deus e é essa demonstração, que chama a atenção Dele.

A Palavra de Deus diz: "A fé é a certeza das coisas que se esperam, a evidência das coisas não se viu." Hebreus 11:1. A certeza é a certeza que um dia vai receber o que você espera, a convicção é o significado de que a partir do momento de um ato de fé, o Espírito Santo entra em ação a se manifesta em nossas vidas.

"Pela fé Abel ofereceu a Deus melhor sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e morto, ainda fala por ele." Hebreus 11:4. Caim e Abel eram irmãos, ambos receberam a mesma educação, mas Abel, se entregou a Deus, colocando sua vida no altar e oferecendo o sacrifício perfeito, Caim por sua vez desprezou oferecendo algo sem sangue a Deus, colocando sobre o altar de Deus o que era desnecessário. Quando uma pessoa tende a sacrificar-se, é porque ela está mostrando fé. Abel ofereceu a Deus um sacrifício movido pela fé.

"... E o Senhor olhou favoravelmente para Abel e sua oferta, mas ele não respeitou Caim e sua oferta." ( Gênesis 4:3-4). A oferta de Abel foi um sacrifício,possuia sangue no entanto a oferta de Caim era uma oferta comum, não tinha sangue. Hoje não é diferente, existem aqueles que conquistam, que são respondidos por Deus, porque têm sacrificado. Em contraste com a vida de outras pessoas ainda,que da mesma forma, são desprovidas da presença de Deus, por não haver uma sincera e completa disposição. Por não ter a vida não no altar de Deus,por não ter feito o sacrifício não houve a manifestação da fé.

..Por isso Caim se enfureceu e o seu rosto se transtornou.
O Senhor disse a Caim: "Por que você está furioso? Por que se transtornou o seu rosto?
Se você fizer o bem, não será aceito? Mas se não o fizer, saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo" Gênesis 4:5-7. Deus não faz acepção de pessoas, quando a pessoa está disposta a colocar sua vida no altar de Deus, traz sobre si as bênçãos e realizações .

Deus vê o sacrifício que se faz antes dele ser feito, conhece nosso coração e sabe quando estamos sendo honestos com ele e Caim não era honesto diante de Deus. Caim, movido pela raiva, ódio, inveja, matou seu irmão e quando Deus lhe perguntou: "... O que você fez? A voz do sangue irmão de teu clama a mim desde a terra. " Gênesis 4:10. Quando sacrificamos, o sangue que é derramado no altar clama a Deus , de modo que o sacrifício está clamando por nós. Se você quiser oferecer sua vida em sacrifício a Deus, de, alma, corpo e espírito, está disposta a fazer uma aliança com Ele e ser fiel à Sua Palavra.

Se você tiver tomado a decisão de dar um fim a seu sofrimento e quer uma mudança em sua vida, então você estará disposto a sacrificar, ou seja, dar a sua vida completamente a Deus.
Tenha certeza de que logo que você começar a colocar Deus em primeiro lugar em sua vida,que a transformação vai acontecer em sua vida. que, portanto, Deus te abençoe.

Fonte:Bispo Paulo Roberto Guimarães

Traduzida do Espanhol para o Português

Que Deus nos oriente,na Fé !

Dois tipos de humildade


O temor do Senhor ensina a sabedoria, e a humildade precede a honra.(Prov.15.33)


Existem dois tipos de humildade: a falsa e a verdadeira. A humildade falsa é aquela em que a pessoa se posiciona humilde diante dos superiores,com o fim de iludi-los e assim conquistar a confiança deles,para mais tarde tirar proveito disso.

Esse tipo de humildade é inteligente,astuciosa e profundamente diabólica. É claro que mais cedo ou mais tarde ela será desmascarada,entretanto,até chegar a esse ponto,provoca um grande estrago entre aqueles que são realmente humildes.

A A humildade de espírito é aquela que o Senhor Jesus ensinou,aliás,foi o seu primeiro ensinamento para os Seus dicipulos ,quando assegurou:Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus(Mt.5.3)

Quando o Senhor Jesus fala sobre humildes de espírito,deixa-nos margem para admitir outros tipos de humildade,as quais consideramos falsas,como foi a a "humildade" de Judas Iscariotes diante do Senhor e dos demais companheiros,até que se revelou como traidor.

Veja que o currículo dos cursos de liderança do mundo,nos quais se avolumam a preeminência,a publicidade e a autopromoção,não inclui a humildade. Falando aos discípulos,o Senhor Jesus disse:"Mas quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva;(Mc.10.43)

Um dos maiores lideres de que já ouvi falar é Paulo o apóstolo se não o maior e quanto a este assunto ,Paulo seguia de perto as pegadas de seu Senhor." Paulo nada tinha de obstinação que é exclusiva do homem consciente de sua própria grandeza.

Ele viveu na humildade de um grande arrependimento. Embora não insistisse nesse ponto de maneira mórbida ,ele nunca se esqueceu que fora implacável na perseguição à igreja de Deus; e quando seus inimigos disseram que ele não merecia viver ,não discutiu tal avaliação. Um sentido sempre presente de divida levava-o a fazer uma humilde estimativa de si próprio. Não desejava ter reputação maior do que merecia "Mesmo que eu preferisse gloriar-me não seria insensato, porque estaria falando a verdade. Evito fazer isso para que ninguém pense a meu respeito mais do que em mim vê ou de mim ouve.(2Cor.12.6)

Ele orientou aos colossenses a que se acautelassem de uma humildade autoconsciente ,ascética que na realidade é a mais sutil forma de orgulho. "Não permitam que ninguém que tenha prazer numa falsa humildade e na adoração de anjos os impeça de alcançar o prêmio. Tal pessoa conta detalhadamente suas visões, e sua mente carnal a torna orgulhosa.
Trata-se de alguém que não está unido à Cabeça,...(Cl.2.18,19)


A humildade de paulo era uma característica progressiva,que se aprofundava com o passar dos anos. 'Pois sou o menor dos apóstolos e nem sequer mereço ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de Deus.(1Cor.15.9) Embora eu seja o menor dos menores dentre todos os santos, foi-me concedida esta graça de anunciar aos gentios as insondáveis riquezas de Cristo( Ef.3.8) Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores, dos quais eu sou o pior.(1Tm.1.15)

Embora ele fosse genuinamente humilde e sem falsa modéstia,de maneira alguma Paulo recuava quando se tratava de defender seu ofício e autoridade de apóstolo."O que receio, e quero evitar, é que assim como a serpente enganou Eva com astúcia, a mente de vocês seja corrompida e se desvie da sua sincera e pura devoção a Cristo.Pois, se alguém lhes vem pregando um Jesus que não é aquele que pregamos, ou se vocês acolhem um espírito diferente do que acolheram ou um evangelho diferente do que aceitaram, vocês o suportam facilmente.Todavia, não me julgo nem um pouco inferior a esses "super-apóstolos".Eu posso não ser um orador eloqüente; contudo tenho conhecimento. De fato, já manifestamos isso a vocês em todo tipo de situação.(2Cor.11.3-6)

Contantemente me maravilho em face do sadio equilíbrio que Paulo observa em áreas sensíveis.

Muito embora a humildade seja uma condição de aparente fraqueza diante daquele que não têm conhecimento da salvação em cristo Jesus,na realidade ela é fundamental no relacionamento com Deus, Porque para considerar o Jesus como Senhor é preciso submeter-se a Ele como servo.

Quantas são as pessoas convencidas de estarem convertidas,presas ao orgulho pessoal,que não reconhecem a necessidade sepultara sua carne,outras estão presas à timidez ou à vergonha,por pensarem nas supostas críticas de outras pessoas.

E o senhor Jesus não tem servo que não seja humilde de espírito . ao contrario ,pois essa é a qualidade essencial dos que desejam servir a Ele. Ora , quem pode ter a capacidade de servir ao Senhor Jesus,ser instrumento do Seu Santo Espírito e obedecer à sua Palavra de todo coração se não tiver no caracter esse fundamento basico??

'Quem me serve precisa seguir-me; e, onde estou, o meu servo também estará. Aquele que me serve, meu Pai o honrará(Jo.12.26)

Deus te oriente,na Fé !

Evite tirar a venda dos olhos


O pai leva o filho para a floresta durante o final da tarde, venda-lhe os olhos e deixa-o sozinho.
O filho se senta sozinho no topo de uma montanha durante toda a noite e não pode remover a venda até os raios do sol brilharem no dia seguinte. Ele não pode gritar por socorro para ninguém.


Se ele passar a noite toda lá, será considerado um homem. Ele não pode contar a experiência aos outros meninos porque cada um deve tornar-se homem do seu próprio modo, enfrentando o medo do desconhecido.

O menino está naturalmente amedrontado. Ele pode ouvir toda espécie de barulho. Os animais selvagens podem, naturalmente, estar ao redor dele. Talvez alguns humanos possam feri-lo. Os insetos e cobras podem vir picá-lo.

Ele pode estar com frio, fome e sede. O vento sopra a grama e a terra sacode os tocos, mas ele não remove a venda, este é o único modo de vencer a si próprio. Finalmente, após a noite horrível, o sol aparece e a venda é removida. Ele então descobre seu pai sentado na montanha perto dele.

Ele estava a noite inteira protegendo seu filho do perigo. Nós também nunca estamos sozinhos! Mesmo quando não percebemos, Deus está olhando para nós, "sentado ao nosso lado". Quando os problemas vêm, tudo que temos a fazer é confiar que Ele está nos protegendo.

Moral da história:
Apenas porque você não vê Deus, não significa que Ele não esteja com você. Nós precisamos caminhar pela nossa fé, com a nossa visão espiritual, não com a material. Evite tirar a sua venda antes do amanhecer.

"Porque somos servos; porém na nossa servidão não nos desamparou o nosso Deus; antes estendeu sobre nós a sua benignidade perante os reis da Pérsia, para que nos desse vida, para levantarmos a casa do nosso Deus, e para restaurarmos as suas assolações; e para que nos desse uma parede de proteção em Judá e em Jerusalém." Esdras 9:9


Que Deus nos oriente,na Fé !

Marcelo Crivella fala para 3 mil pastores no Centenário da Assembléia de Deus



A Convenção Nacional das Assembléias de Deus no Brasil Ministério Madureira, CONAMAD, reuniu 3mil pastores e lideranças evangélicas na Catedral conhecida na capital goiana como Fama. A igreja, liderada pelo pastor Abigail, responsável por mais de 240templos na cidade, foi sede da convenção que teve por tema “O Homem, a União e a Paz”. O evento teve como convidado o Senador Marcelo Crivella.

As Assembléias de Deus completam 100anos de fundação em junho deste ano. São a Maior denominação evangélica do País possuem dezenas de milhares de templos e se organizam em convenções nacionais. A CONAMAD é a maior delas; liderada pelo pastor Abner Ferreira, filho do bispo Manoel Ferreira que, embora jubilado, ainda é sua liderança maior.

O bispo Crivella proferiu a palavra no evento de encerramento; falou sobre o início da Igreja Universal do Reino de Deus e da provação enfrentada pelo bispo Edir Macedo com o nascimento de sua segunda filha, citando o livro do profeta Habacuque que, segundo Crivella, ensina que quando ocorrem fatos inesperados, dolorosos e inexplicáveis, surgem os momentos em que o justo vive pela sua fé.

”Ela, (a fé), em si, é a única virtude capaz de transformar uma aparente tragédia em milagre, tirar da fraqueza forças e da tristeza, alegria.” Disse.

O senador Crivella falou também sobre o que ele chama de Batalha Final, o esforço de romper as últimas fronteiras do mundo ao evangelho – China, Índia e os países do mundo árabe – e que, segundo ele, essa é uma missão para a qual o Brasil e os brasileiros estão vocacionados:

” Tenho afirmado que estamos no momento em que Cristo chamou de final dos tempos, quando a ciência se multiplicaria e o amor se esfriaria concomitantemente a um ambiente de prosperidade e paz, como nos dias de Noé em que as pessoas casavam e se davam em casamento e então subitamente ocorreu o dilúvio. Se estiver certo, como creio estar, caberá às igrejas no Brasil protagonizar o esforço derradeiro de levar o evangelho a todas as nações, evento que precede a volta triunfal do Messias,” Concluiu o senador.

O senador Marcelo Crivella encerrou sua participação cantando a canção de sua autoria, “Batalha Final”.

Evento realizado no dia 30 de abril, sábado, em Goiânia,

Fonte: Amigos do Crivellla

O jovem e o anel


Um aluno chegou a seu professor com um problema: "Venho aqui porque me sinto tão pouca coisa, que não tenho forças para fazer nada. Dizem que não sirvo para nada, que não faço nada bem, que sou lerdo e muito idiota. Como posso melhorar?

O que posso fazer para que me valorizem mais?"

O professor, sem olhá-lo, disse: "Sinto muito meu jovem, mas agora não posso ajudá-lo. Devo primeiro resolver o meu próprio problema. Talvez, depois."

E, fazendo uma pausa, falou: "Se você me ajudar, eu posso resolver meu problema com mais rapidez e depois, talvez, possa ajudá-lo."

"Claro, professor!", gaguejou o jovem.

O professor, então, tirou um anel que usava no dedo pequeno, deu ao garoto e disse: "Monte no cavalo e vá até o mercado. Deve vender esse anel porque tenho que pagar uma dívida. É preciso que obtenha pelo anel o máximo possível, mas não aceite menos que uma moeda de ouro."

O jovem pegou o anel e partiu. Mal chegou ao mercado e começou a oferecer o anel aos mercadores. Eles olhavam com algum interesse, até quando o jovem dizia o quanto pretendia pelo anel.

Quando o jovem mencionava uma moeda de ouro, alguns riam, outros saiam sem ao menos olhar para ele. Só um velhinho foi amável a ponto de explicar que uma moeda de ouro era muito valiosa para comprar um anel. Tentando ajudar o jovem, chegaram a oferecer uma moeda de prata e uma xícara de cobre, mas o jovem seguia as instruções de não aceitar menos que uma moeda de ouro e recusava as ofertas.

Depois de oferecer a joia a todos que passavam pelo mercado, abatido pelo fracasso, montou no cavalo e voltou. O jovem desejou ter uma moeda de ouro para que ele mesmo pudesse comprar o anel, assim livrando a preocupação de seu professor para poder receber a sua ajuda e conselhos. Entrou na casa e disse: "Professor, sinto muito, mas é impossível conseguir o que me pediu. Talvez pudesse conseguir duas ou três moedas de prata, mas não acho que se possa enganar ninguém sobre o valor do anel."

"Importante o que me disse, meu jovem", contestou, sorridente. E disse: "Devemos saber primeiro o valor do anel. Volte a montar no cavalo e vá até o joalheiro. Quem melhor para saber o valor exato do anel? Diga que quer
vender o anel e pergunte quanto ele te dá por ele. Mas não importa o quanto ele te ofereça, não o venda. Volte aqui com o meu anel."

O jovem foi ao joalheiro e lhe deu o anel para examinar. Ele examinou o anel com uma lupa, pesou-o e disse: "Diga ao seu professor que, se ele quer vender agora, não posso dar mais que 58 moedas de ouro."

"58 MOEDAS DE OURO!", pestanejou o jovem.

"Sim", retrucou o joalheiro. "Eu sei que com o tempo eu poderia oferecer cerca de 70 moedas, mas se a venda é urgente..."

O jovem correu emocionado à casa do professor para contar o que ocorreu. "Sente-se", disse o professor. E depois de ouvir tudo que o jovem lhe contou, falou calmamente: "Você é como esse anel, uma joia valiosa e única. Só pode ser avaliada por um especialista. Pensava que qualquer um podia descobrir o seu verdadeiro valor?" E dizendo isso voltou a colocar o anel no dedo.

Todos nós somos como joia: valiosa e única. Andamos pelos mercados da vida pretendendo que pessoas inexperientes nos valorizem, mas só um especialista, Jesus, o Grande Joalheiro, sabe o seu real valor. Portanto, repense o seu valor!

Fonte: Folha Universal

Deus te oriente,na Fé !

Talvez você não tenha falado com Deus ultimamente


Como o Apostolo Paulo disse : " Pois eu sei que aquilo que é bom não vive em mim, isto é, na minha natureza humana. Porque, mesmo tendo dentro de mim a vontade de fazer o bem, eu não consigo fazê-lo. Pois não faço o bem que quero, mas justamente o mal que não quero fazer é que eu faço." (Rom.7.18-19)

Como orar quando não se tem vontade


Às vezes, nem eu sinto vontade de orar — e eu sou um bispo. Isso é normal. O ser humano é muito inconstante. Um dia você sente que pode conquistar o mundo. No dia seguinte, você nem quer estar no mundo.

Sentimentos... Se vivermos por eles, estaremos perdidos.

Graças a Deus há uma alternativa: Fazer o que temos que fazer, e não o que sentimos vontade de fazer.

Quando não sinto vontade de orar, eu faço o seguinte: Eu oro assim mesmo. E eu observo que, assim como muitas coisas na vida, uma vez que você começa a fazer algo, o sentimento vem em seguida. Moção precede emoção. Às vezes, eu não sinto vontade de comer. Mas, depois que eu começo, eu quero comer mais... Eu tive que começar a escrever este blog, antes de sentir vontade de escrever. Eu odeio escrever. Eu adoro ter escrito.

Creio que você já pegou a idéia.

O principal é ter por resolvido, em sua cabeça, que você absolutamente PRECISA orar. Não é uma opção. Claro que para muitas pessoas é (porque elas não sabem o que estão perdendo), mas não para você. As consequências seriam muito maiores do que o pequeno esforço que você tem que fazer para orar.

Talvez você não tenha falado com Deus ultimamente. Não tem tido vontade. Sem problema. Você está sozinho aí agora? Pode ir a algum lugar privado? Então pare de ler isto e faça uma oração. Dois minutos ou vinte, não importa. Diga o que você tem a dizer e pronto.
Depois volte aqui, e adicione seus comentários sobre como você se sentiu depois de fazer isso.
Vá. Agora! Você ainda está aí?

Bispo Renato Cardoso

Fonte: Adaptado apartir de Blog Bispo Macedo

Que Deus nos oriente,na Fé !

A Aliança


Aconteceu com Israel no tempo do rei asa: ENTÃO veio o Espírito de Deus sobre Azarias, filho de Odede. (Quer dizer veio a direção de Deus)

E saiu ao encontro de Asa, e disse-lhe: Ouvi-me, Asa, e todo o Judá e Benjamim: O SENHOR está convosco, enquanto vós estais com ele, e, se o buscardes, o achareis; porém, se o deixardes, vos deixará. E Israel esteve por muitos dias sem o verdadeiro Deus, e sem sacerdote que o ensinasse, e sem lei.

(Quantos também nos dias de hoje estão vivendo sem lei e sem o verdadeiro Deus de orgias em orgias idolatrando deuses sem vida e sofrendo as conseqüências,vícios, doenças , destruição de lares e etc..)

Mas quando na sua angústia voltaram para o SENHOR Deus de Israel, e o buscaram, o acharam.

(Deus está disponível para ser encontrado por todos quantos queiram se entregar a ele , é pena que muitos só queiram busca-lo quando já estão na angustia. Ainda assim achar a Deus meu amigo, significa novamente reencontrar a vida e motivação para viver com Ele.) (2Cr.15.1-4 )

E entraram na aliança para buscarem o SENHOR Deus de seus pais, com todo o seu coração, e com toda a sua alma;(2Cr.15.12 ).

Faça uma aliança com Deus meu amigo ,deixe de ficar,namorar,case-se com Ele e rompa definitivamente com o passado começando uma vida nova.

Saiba que não temos nada de nós mesmos,pelo menos eu não tenho em mim capacidade própria,e até o ar que respiro depende do querer de Deus,mas como diria Albert Einstein: Deus não escolhe os capacitados, capacita os escolhidos.Fazer ou não fazer algo só depende da nossa vontade e perseverança. E fazer ou não aliança com Deus só depende de você querer .

A bíblia através de Paulo diz: Porque, vede, irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele. 1 coríntios 1:26-29

O que tudo isto significa? Meu amigo é que para ter uma aliança com Deus basta você ser sincero com o que crê.
Você crê que Jesus morreu para perdoar?,
Que a morte Dele foi o perdão de Deus a humanidade ?.
Então tome posse do que você crê meu caro!

Seja sincero diante de Deus e Ele vai te abençoar.
Seja na vida física,espiritual,sentimental,financeira,profissional ou ministerial.
E o que parecia perdido será reconstituído ,creia e aja sua fé.

Uma das coisas que mais me chama a atenção é a história de Jó. É que Deus restituiu tudo em dobro do que ele havia perdido. Antes o diabo teve de Deus autorização para provar a fidelidade de Jô e até de tocar em tudo que ele amava,mas não pode tocar nele propriamente.
É muito forte isto meu caro!
Sabe porque o diabo não pode tocar em Jô?
Porque ele temia a Deus e tinha uma aliança com Ele.
Faça você também uma aliança com Deus e tenha certeza de que o mal nunca mais tocara em você .

Deus permitiu que o mal tocasse nas coisas de Jó não para provar ao diabo que Jó era fiel,mas para nos mostrar que se tivermos uma aliança com Ele o mal só pode tocar na gente,com a Sua permissão. Quer dizer nunca!

A restituição só veio quando ele se preocupou com seus amigos aflitos,"Depois que Jó orou por seus amigos, o Senhor o tornou novamente próspero e lhe deu em dobro tudo o que tinha antes"(Jó.42.10),portanto passe a frente o que você tem recebido de Deus.
Pense nisto !

Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque
a vossa obra tem uma recompensa.(1Cr.15.7).


Deus te oriente,na fé !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...