IURD Cenáculo Brasilândia Rua,Parapuã,1885, V. Brasilândia, São Paulo, SP

Loading...

Quem é a autoridade a que você se submete?


Independentemente de onde tenha nascido neste mundo, você está debaixo de uma autoridade, seja ela boa ou não, justa ou injusta, correta ou falha, não importa. Porque quando uma pessoa nasce, seja onde for, deve se submeter às regras e leis daquele lugar.

Se o rei de uma monarquia qualquer ou o presidente de uma República qualquer vier a ordenar uma determinada lei, todos deverão obedecer. Porque não se trata de escolha, mas de imposição por parte daquela autoridade.

A pessoa que nasce e passa a viver de acordo com as leis do mundo está obrigada a lhe servir e a lhe obedecer – consciente ou não – pelo fato de ter sido isso ordenado.

As doenças, a miséria, as tragédias, as crises, as contendas, as angústias e a vontade de morrer, por exemplo, são imposições que a autoridade terrena decreta àqueles que se submetem a ela. E o pior é que não há como recorrer a outras autoridades, já que quem vive aqui está sujeito a tais situações.

É como aquela pessoa que mora em um país diferente do seu. Mesmo obtendo o visto de permanência daquele lugar, não deixará de ser natural de seu país de origem, a não ser que se naturalize na nova terra.

O mundo do maligno

Quem é, então, a autoridade deste mundo? A Bíblia diz que “o mundo inteiro jaz no maligno” (1 João 5.19), o que significa que quem vive aqui está submetido ao mal e sofre com as suas imposições.


Salvo se a pessoa decidir-se por trocar de reino. E o que isso quer dizer? Seria possível uma pessoa que está sujeita a tantos males impostos pelo seu reino de origem passar a se submeter a outro melhor?

Sim, é possível. No entanto, diferentemente do que acontece com a naturalização no país em que se deseja passar a viver, a pessoa deve morrer para o seu reino terreno e, consequentemente, para a autoridade a qual está submetida.

E quem é o governante deste outro reino?

Jesus Cristo, que é justamente o oposto do governo deste mundo, porque, ao contrário do governante terreno, Ele não aceita doença, miséria, depressão, aflição ou desestrutura familiar. Mas, para obter os benefícios deste novo Sistema, é preciso que o cidadão morra para o seu reino natal e, sepultados com a sua natureza terrena, fiquem todos os seus costumes, teorias, filosofias de vida, pensamentos e/ou atitudes que condizem com o reino deste mundo e não condizem com o Seu.

"Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo não pode ver o reino de Deus". (Jo 3.3).
O NOVO NASCIMENTO é experimentado por aquele que se arrepende de seus pecados e os deixa, crê no Senhor Jesus, e O aceita como Senhor e Salvador. O homem nascido de Deus, nascido do Espírito é uma NOVA CRIATURA, uma nova pessoa que evita o pecado e está disposta a viver em obediência a Deus e conforme a Sua palavra. O Novo Nascimento é o maior milagre que Deus opera na vida do homem.

Você quer morrer para este mundo e assim desfrutar das vantagens que só o Reino de Cristo tem a oferecer? Participe hoje da 3ª Noite da Salvação no Cenáculo Sede Regional de Vila Brasilândia à Rua,Parapuã,1885,Vila Brasilândia,São Paulo,as 20:00h ou em um dos Cenáculos do Espírito Santo mais próximo de você.

Parte deste texto tem como fonte:Arca Universal

Que Deus nos oriente,na Fé!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos comentários são bem vindos.

Porém, se o seu comentário,conter qualquer tipo de agressão, ofensa ou desrespeito para com a Instituição Igreja Universal, para com seus líderes ou para com o autor deste blog, removeremos seu comentário sem aviso prévio.

Desde já agradeço o comentário.

Que Deus nos oriente,na Fé!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...